Mais Médicos abrirá inscrições para profissionais formados no exterior

saúde
07.12.2018, 14:16:04
(Foto: ASCOM/MS)

Mais Médicos abrirá inscrições para profissionais formados no exterior

Os candidatos terão entre os dias 11 e 14 de dezembro para enviar documentação

O Ministério da Saúde decidiu abrir as inscrições do Programa Mais Médicos aos profissionais brasileiros e estrangeiros formados no exterior (sem registro no Brasil).

Os candidatos terão entre os dias 11 e 14 de dezembro para enviar documentação ao ministério e estarem aptos para validação da inscrição no programa.

São 17 documentos exigidos, entre eles, o reconhecimento da instituição de ensino pela representação do país onde os profissionais obtiveram a formação.

Entre os dias 20 e 22, os médicos brasileiros formados no exterior e sem registro no País que tenham a inscrição previamente validada poderão escolher os municípios remanescentes.

Termina nesta sexta-feira, 7, às 23h59, a inscrição de médicos com registro no Brasil.

Até esta quinta-feira, 6, o programa havia recebido 35.716 inscrições, preenchendo 98,6% (8.402 profissionais alocados) das 8.517 vagas disponibilizadas do edital vigente. Desse total, 3 949 médicos já se apresentaram aos municípios selecionados. Os profissionais registrados nos Brasil têm até a próxima sexta-feira, 14, para fazerem isso.

Ajuda de custo
O Ministério da Saúde estuda modificar, por meio de portaria, as regras que tratam da devolução de despesas como ajuda de custo e passagens aéreas, por exemplo, nas situações em que o médico muda de localidade para atuar no programa. 

Atualmente, os médicos precisariam devolver este recurso, que pode chegar a cerca de R$ 35 mil, caso fiquem menos de 6 meses desde a assinatura do contrato no Mais Médicos. Com a mudança, o valor passaria a ser devolvido proporcionalmente ao tempo em que o médico esteve no programa. Assim, ficariam isentos somente aqueles que permanecessem três anos em atuação.

Segundo o Ministério da Saúde, o programa conta com 18.240 vagas em mais de 4 mil municípios e 34 Distritos Sanitários Especiais Indígenas (DSEIs), levando assistência para cerca de 63 milhões de brasileiros.


Relacionadas
Correio.play
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/empreendedores-nunca-devem-parar-de-aprender-dizem-participantes-do-acelerese/
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/forum-agenda-bahia-dez-anos-de-inovacao/
Edição de 2018 foi recordista de público; veja vídeo com melhores momentos
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/em-clipe-gravado-em-salvador-anitta-rebola-na-boquinha-da-garrafa/
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/capita-marvel-nem-estreou-e-ja-tem-homem-boicotando/
Tudo por causa de um pedido da protagonista, Brie Larson, por mais inclusão
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/veja-como-foi-liverpool-0x0-bahia-pela-copa-sul-americana/
Resultado elimina o tricolor na primeira fase da competição; CORREIO transmitiu a partida ao vivo
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/luisa-sonza-sera-convidada-do-trio-de-ivete-sangalo-em-salvador/
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/pabllo-vittar-anuncia-clipe-de-buzina-para-antes-do-carnaval/
A música mais animada do mais novo disco da drag deve ser sua aposta para o Carnaval
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/classico-da-tv-sai-de-baixo-chega-aos-cinemas/
Elenco é o mesmo do programa, com exceção de Cláudia Jimenez
Ler Mais