Manchester City confirma saída de Aguero no fim da temporada

esportes
29.03.2021, 18:45:00
Atualizado: 29.03.2021, 18:45:23
Agüero deixará o Manchester City ao final da temporada (Foto: AFP)

Manchester City confirma saída de Aguero no fim da temporada

Clube promete estátua em homenagem ao argentino, que é o maior artilheiro da história da equipe

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Sergio Kun Agüero deixará o Manchester City no fim da temporada 2020/21. Nesta segunda-feira (29), o clube anunciou que o vínculo do argentino, que é o maior artilheiro da história da equipe, não será renovado. Em comunicado oficial em seu site, o time prometeu uma despedida à altura do jogador, incluindo uma estátua no Etihad Stadium.

"Seu legado ficará gravado na memória de todos os que amam o clube e talvez até mesmo daqueles que simplesmente amam o futebol. Estamos ansiosos para ter a oportunidade de dar a Sergio uma despedida adequada no final da temporada", afirmou Khaldoon Al Mubarak, dono do City.

"Tenho grande prazer em anunciar que vamos contratar um artista para criar uma estátua de Sergio para ficar no estádio, ao lado das que estão em construção para Vincent (Kompany) e David (Silva)", continuou.

Agüero soma 257 gols em 384 jogos pelo City desde a temporada 2011/2012, e se tornou o maior artilheiro da história da equipe. Seu momento mais icônico foi o gol sobre o Queen's Park Rangers em 2011, que deu à equipe o primeiro título da era Premier League. Depois, o argentino conquistou mais duas taças do Inglês, uma Copa da Inglaterra e cinco Copas da Liga. 

Em seu perfil no Instagram, Agüero postou uma despedida. "Saio com enorme orgulho e satisfação de ter ficado 10 temporadas no Manchester City, algo incomum nessa época para um jogador profissional. Dez temporadas com conquistas importantíssimas, em que pude me converter no artilheiro histórico e criei um vínculo indestrutível com todos os torcedores do clube, que sempre levarei no meu coração".

"Quando um ciclo se fecha, muitas sensações surgem. Fica um grande sentimento de orgulho e de satisfação para mim por jogar dez temporadas no Manchester City. O que é pouco comum para um profissional dessa idade hoje em dia. Eu cheguei durante a era da reconstrução, em 2011, e com o auxílio dos proprietários e a contribuição de vários jogadores, ganhamos um lugar entre os melhores do mundo", seguiu o jogador.

A ideia do City é ter o atacante em sua última partida em casa na Premier League, contra o Everton, dia 23 de maio. O clube espera já ter torcedores de volta ao Etihad Stadium para dar a despedida ideal para Aguero.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas