Marcelo Melo e Lukasz Kubot vão às quartas de final em Wimbledon

esportes
05.07.2021, 15:30:00
Marcelo Melo e Lukasz Kubot estarão nas quartas de final em Wimbledon (Minas Panagiotakis/AFP)

Marcelo Melo e Lukasz Kubot vão às quartas de final em Wimbledon

Campeões do Grand Slam em 2017, brasileiro e polonês avançam por W.O.

O brasileiro Marcelo Melo e o polonês Lukasz Kubot avançaram nesta segunda-feira (5) às quartas de final de Wimbledon por W.O.. Um dos adversários da parceria das oitavas de final, o britânico Lloyd Glasspool, sentiu muita dor no aquecimento e, com uma lesão na coxa, teve de se retirar do torneio, ao lado do finlandês Harri Heliovaara.

Melo e Kubot, que formam a dupla cabeça de chave 8 do Grand Slam, aguardam agora os vencedores do jogo entre os croatas Nikola Mektic e Mate Pavic, principais favoritos ao título, e a parceria formada pelo bósnio Tomislav Brkic e pelo sérvio Nikola Cacic, também programado para esta segunda-feira em Londres, na Inglaterra.

"Acabamos ganhando por W.O., com essa contusão, e passamos para as quartas de final. Tínhamos um jogo bom, voltou a ser melhor de cinco sets. Então, agora, estamos esperando a definição dos adversários e do dia da partida, que deve ser amanhã (terça-feira). E vamos aproveitar esse tempo para treinar e ficar pronto para esse próximo jogo", explicou Melo.

Campeões de 2017, Melo e Kubot estão juntos pelo quarto ano no Grand Slam, em que o brasileiro participa pela 14.ª vez na carreira. Em função das chuvas nos primeiros dias em Wimbledon, as partidas de duplas das duas rodadas iniciais foram em melhor de três sets. A partir das oitavas de final, passam a ser em melhor de cinco.

No ranking mundial individual de duplas da ATP, Melo está em 19º lugar, com 5.040 pontos. Kubot é o 17º, com 5.130.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas