Marinheiro cai de navio belga e está desaparecido na Baía de Todos os Santos

salvador
01.05.2014, 00:59:00
Atualizado: 01.05.2014, 01:01:55

Marinheiro cai de navio belga e está desaparecido na Baía de Todos os Santos

A Capitania dos Portos foi informada do acidente às 17h30

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Um tripulante de um navio mercante de bandeira belga caiu no mar e desapareceu no final da tarde da quarta-feira (30) na Baía de Todos os Santos. Segundo informações da Marinha, o marinheiro Jean Pierry Varlett estava com o navio Excelsior e caiu do convés - ele não utilizava colete salva-vidas no momento do acidente.

A Capitania dos Portos foi informada do acidente às 17h30. O navio estava aconrado em mar aberto, na altura da entrada da Baía de Todos os Santos, para uma manobra de troca de tripulação quando Jean Pierry caiu. Segundo o agente de navegação do navio informou à Marinha, o tripulante ficou inerte assim que se chocou com a água.

Tripulantes de uma lancha que realizava a troca da tripulação ainda tentaram socorrer o marinheiro, sem sucesso - o mar agitado e a falta de visibilidade atrapalharam o resgate. 

A Capitania dos Portos passou a acompanhar as buscas, que foram feitas pelas lanchas envolvidas na manobra somente até o pôs do sol. Ainda à noite, o Serviço de Busca e Salvamento da Marinha do Brasil (Salvamar Leste) começou uma operação de Busca e Salvamento (SAR) para achar o marinheiro.

O navio-patrulha "Guaratuba" partiu da Base Naval de Aratu no começo da madrugada e faz buscas na área marítima ao sul de Salvador. Outras embarcações da Capitania dos Portos farão buscas assim que o sol nascer. Um inquérito irá apurar as causas e responsabilidades pelo fato, com prazo de conclusão de 90 dias, informa ainda a Marinha.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas