Marlene Mattos registra queixa contra Xuxa por calúnia

entretenimento
14.04.2021, 16:20:00
Atualizado: 14.04.2021, 16:30:59
A apresentadora Xuxa e sua ex-empresária Marlene Mattos (reprodução)

Marlene Mattos registra queixa contra Xuxa por calúnia

A apresentadora afirma ter sido "roubada, enganada, usada e manipulada" pela ex-empresária

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Espécie de mentora, empresária e ex-diretora dos programas de Xuxa na Globo, Marlene Mattos registrou uma ocorrência contra a apresentadora na 42ª DP (Recreio), na zona oeste do Rio. De acordo com a assessoria da Polícia Civil do Rio de Janeiro, o caso foi encaminhado ao Juizado Especial Criminal (JECRIM).

O advogado da diretora, Luiz Mário, disse ao UOL que o motivo de Marlene ter registrado a ocorrência contra a Xuxa teria sido uma entrevista que ela deu para a revista Veja no dia 27 de janeiro de 2021 e que não pode passar mais detalhes sobre o caso encaminhado ao 9º Juizado Especial Criminal (Barra da Tijuca): "O juizado que vai dar andamento neste processo, não tem muitos detalhes neste momento para passar".

A apresentadora afirma ter sido "roubada, enganada, usada e manipulada". Na matéria foi perguntado se antes de assumir o controle de sua carreira e negócios, Xuxa levou muitos golpes. Ela responde que poderia ser duas ou três vezes mais rica. 

"Fui tudo o que as pessoas imaginam: enganada, usada, manipulada, roubada. Quando falo disso, vem logo a imagem da Marlene, mas não foi só ela. Insisto em dizer que confiei demais em todas as pessoas próximas a mim. Fui passada para trás por coreógrafo, maquiador, fotógrafo. Digo sem vergonha que fui inocente, boba, burra mesmo".

A apresentadora afirmou, em entrevista ao jornalista Luis Erlanger no Instagram, ter sido um fantoche da empresária, mas estava ciente de tudo o que ocorria, e o rompimento foi por uma divergência de projetos relacionados ao público infantil. 

"Eu era um fantoche, mas porque eu quis, porque eu deixei. Fui deixando cada vez mais minha vida na mão dela. Minha vida particular, pessoal e profissional. As coisas se juntavam e estava tudo na mão dela. Ela era diretora, manager, empresária... Teve um momento, como todos sabem, que meu interesse era trabalhar com programa infantil e ela já não acreditava mais nisso".

Xuxa e Marlene tiveram uma parceria de 18 anos, que começou em 1984, na extinta Manchete e seguiu na Globo nos programas Xou da Xuxa, Xuxa Park e Planeta Xuxa (1997-2002).
 

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas