Mbappé relata 'mentira' do PSG: 'Soou como se fosse um bandido'

esportes
04.10.2021, 15:05:00
Mbappé em treino do PSG: jogador queria deixar clube no meio do ano (C. Gavelle/PSG)

Mbappé relata 'mentira' do PSG: 'Soou como se fosse um bandido'

Jogador disse que informou ao clube sobre desejo de transferência: 'A minha posição sempre foi clara'

Kylian Mbappé revelou nesta segunda-feira (4) que pediu para deixar o Paris Saint-Germain na última janela de transferências internacionais, encerrada no final de agosto. O atacante francês está cumprindo o seu último ano de contrato com o clube de Paris e ainda não chegou a um acordo para a renovação de seu vínculo.

"A partir do momento em que não quis renovar o meu contrato, disse ao PSG que queria sair. Queria que o PSG conseguisse uma quantia importante com a minha venda de forma a conseguir encontrar um substituto de qualidade", afirmou Mbappé, em uma entrevista que será veiculada nesta terça-feira à emissora de TV francesa RMC Sport.

"O PSG me deu muito e sempre fui feliz nos quatro anos em que estive aqui. Ainda sou feliz. Anunciei a minha intenção para que o clube pudesse reagir a tempo. Queria que tudo corresse bem para alcançarmos um acordo. Disse aos responsáveis do PSG que se não me quisessem vender, ficaria no clube", acrescentou Mbappé.

O atacante de 22 anos negou que já tenha recusado várias propostas do clube para a renovação de contrato.

"Dizem que recusei seis ou sete ofertas para renovar o contrato e que não queria mais falar com o Leonardo (diretor de futebol do Paris Saint-Germain). Isso não é verdade. A minha posição sempre foi clara, informei o clube da minha intenção de sair no final de julho. Não gostei que o clube tivesse dito que só avisei que queria sair no final de agosto. É mentira e soou como se fosse um bandido. Disse ao PSG que queria sair no final de julho", contou.

O Real Madrid tentou contratar Mbappé nos últimos dias da janela de transferências, mas as propostas não agradaram aos responsáveis do Paris Saint-Germain. O atacante é presença habitual na equipe titular comandada pelo técnico argentino Mauricio Pochettino e já fez quatro gols em 11 jogos na atual temporada.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas