Mc Rebecca nega beijo em Anitta: 'Foi uma lambida'

em alta
02.12.2019, 14:07:00
(Reprodução/Instagram)

Mc Rebecca nega beijo em Anitta: 'Foi uma lambida'

'Nem ela sabia. Foi pega de surpresa. Somos amigas e sempre nos divertimos quando nos encontramos', disse a funkeira

A cantora MC Rebecca negou ter dado um beijo em Anitta durante o show de lançamento do clipe Combatchy, que aconteceu na última semana, na cidade de São Paulo. Segundo a funkeira, o que houve entra as duas, na verdade, foi uma “lambida”.

A declaração de Rebecca ocorreu durante a coletiva de imprensa do lançamento de seu mais novo single, Jogo pra Tu, colaboração da artista com o MC TH. A canção foi produzida por Walshy Fire, do trio Major Lazer.

“Faço isso em todos os meus shows. No meu clipe Do Meu Jeito aparece bem essa cena. Escolho uma pessoa e coloco na cadeira. E não foi beijo; foi uma lambida (risos). Nem ela sabia. Foi pega de surpresa. Somos amigas e sempre nos divertimos quando nos encontramos”, explicou ao Uol a cantora, que é abertamente bissexual.

Ver essa foto no Instagram

EITA!!!!!!! ???? @anitta @mcrebecca #anitta #mcrebecca #Combatchy ????: @louisebrito

Uma publicação compartilhada por . ???? (@showcompleto) em

A cantora contou ainda que ela, Anitta, Lexa e Luísa Sonza têm um grupo no WhatsApp para atualizar os 'babados'. “Temos (Anitta, Lexa, Luísa Sonza e Rebecca) um grupo no WhatsApp onde a gente mantém a nossa conversa em dia”, disse ela. 

Conhecida por fazer músicas com conteúdo explícito, Rebecca foi questionada se deixaria sua filha, de 2 anos, ouvir suas canções. Conforme a cantora, ela deixaria, mas com restrições. “Minhas músicas são para todas as pessoas, mas é claro que têm versões diferentes e light, que minha filha, por exemplo, escuta”, disse. “Meus cuidados com minha filha são os de toda mãe que ama seus filhos. Procuro dar amor, carinho e educação”, acrescentou.

Para Mc Rebecca, as suas letras vão ajudando neste processo de igualdade, já que elas tornam as pessoas mais feministas: “Porque muitas garotas, nem que por algum momento, já foram tolhidas de dizer ao mundo o que queriam. Talvez, ver alguém cantando o que minhas letras dizem, ajuda a entender que nós podemos e desejamos o que quisermos. Ainda vivemos em um mundo repleto de certezas machistas, as quais não permitem enxergar a mulher como um ser humano igual ao homem. Temos o mesmo direito de nos expressar do que eles”.

Feminista, a cantora conta que vem buscando seu lugar na música, que ainda é um ambiente dominado pelos homens: “O mundo ainda é machista. Mas nós, mulheres, temos conquistado cada vez mais espaço dentro do universo do funk. Tanto homens quanto mulheres podem e devem cantar sobre seus desejos e me sinto privilegiada por ser mais uma das cantoras que fala sobre a força da mulher. A luta continua”, disse ela.


Relacionadas
Correio.play
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/rapper-juice-wrld-morre-aos-21-anos-nos-estados-unidos/
Ele sofreu convulsão no aeroporto; artistas lamentam
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/fotografa-faz-ensaios-para-negros-a-preco-acessivel-no-reconcavo/
Ellen Katarine também é trancista, dreadmaker e estudante de História na UFRB
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/thiaguinho-chora-ao-cantar-musica-que-escreveu-para-fernanda-souza-veja/
Cantor começou a se emocionar durante a canção 'Deixa Tudo Como Está'
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/dancarino-morre-e-outras-duas-pessoas-ficam-feridas-em-ataque-de-faccao/
Três homens e uma mulher em um carro atiraram contra moradores em São João do Cabrito
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/jovem-se-finge-de-gato-e-mia-embaixo-da-cama-para-nao-ser-achado-por-policiais/
Ele é suspeito de ter participado de um latrocínio em Fortaleza
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/do-cordel-a-escultura-leitores-fazem-homenagens-para-correio/
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/homem-deixa-delegacia-e-volta-atacar-publico-lgbt-na-porta-de-unidade/
Na madrugada, Edson Macedo invadiu bar Caras e Bocas, destruiu local e agrediu clientes e artistas
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/triste-sina-da-mulher-ketchup-8-anos-depois-erenildes-aguiar-enfrenta-depressao/
Sem a fama de antes, arrependida e com doença severa, Erenildes vive de remédios e trancada dentro de casa
Ler Mais