Medalhistas olímpicas disputam campeonato de basquete em Salvador

esportes
09.10.2019, 11:03:00
Atualizado: 09.10.2019, 12:01:00
Alessandra é uma das atrações da 3ª edição do Salvador Maxxi Basketball (Divulgação)

Medalhistas olímpicas disputam campeonato de basquete em Salvador

Alessandra e Marta estarão entre as competidoras de torneio master

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

A capital baiana vai sediar um campeonato master de basquete. A 3ª edição do Salvador Maxxi Basketball será disputada de quinta-feira (10) a domingo (13), sempre das 8h às 21h, em dois bairros da capital baiana.

As partidas acontecerão na Associação Atlética da Bahia, na Barra, no Centro Estadual de Educação Profissional Isaías Alves (antigo Iceia) e no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia (Ifba, antigo Cefet), ambos no Barbalho.

Duas atrações de peso disputarão o torneio: as pivôs Alessandra e Marta, medalhistas olímpicas de prata em Atlanta-1996 e bronze em Sydney-2000. Alessandra também faz parte da histórica geração de ouro do Mundial de 1994, na Austrália, o único conquistado pelo Brasil - além da Austrália, vencedora em 2006, EUA e a extinta União Soviética ganharam todas as outras edições.

Promovido pela Liga Nordeste de Basquete, com o apoio da Superintendência dos Desportos do Estado da Bahia (Sudesb), o campeonato vai reunir cerca de 500 atletas e ex-atletas profissionais da Bahia e dos estados de São Paulo, Mato Grosso do Sul, Rio de Janeiro, Maranhão, Pernambuco, Alagoas e Sergipe, além do Distrito Federal.

Nos quatro dias de evento, 61 jogos serão disputados por 28 equipes femininas e 24 masculinas.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas