Médicos paralisam atendimento em emergência do Hospital Espanhol

salvador
18.04.2013, 10:15:00

Médicos paralisam atendimento em emergência do Hospital Espanhol

Os funcionários da categoria seguem pressionando a direção da unidade de saúde a melhorar as condições de trabalho no setor

Da Redação

Os médicos do serviço de emergência do Hospital Espanhol estão paralisados na manhã desta quinta-feira (18). De acordo com o Sindicato dos Médicos do Estado da Bahia (Sindimed), os funcionários não irão realizar nenhum atendimento do tipo e, caso algum paciente solicite ser atendido, este será encaminhado para uma outra unidade médica.

A decisão foi tomada em uma assembleia na última terça-feira, em decorrência das condições precárias de trabalho que, segundo os médicos, oferece riscos para pacientes e funcionários. Segundo o Sindimed, estão faltando materiais, equipamentos e medicamentos, além de haver um desfalque na equipe médica e atrasos nos diagnósticos dos setores de radiologia. Os salários dos médicos também estão atrasados.

Esta não é a primeira vez que o Hospital Espanhol fecha as portas da emergência. Em fevereiro, os médicos também entraram em greve durante quase 20 dias. Na ocasião, representantes da Real Sociedade Espanhola de Beneficência, que administra a unidade médica, se comprometeram a apresentar uma nova escala com três plantonistas por dia para a emergência do hospital em até 30 dias, além de reafirmar a intenção de manter o pagamento dos salários no prazo estabelecido pela lei.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas