Messi diz que levou 'mais do que pensava' para vencer a covid-19

esportes
13.01.2022, 20:31:00
Messi ainda não voltou aos treinos com o grupo principal do PSG (Franck Fife/AFP)

Messi diz que levou 'mais do que pensava' para vencer a covid-19

Craque mostrou surpresa com efeitos da doença e ainda não treina com o grupo do PSG, mesmo oito dias após testar negativo

Os efeitos da covid-19 surpreenderam Lionel Messi. Mesmo oito dias após testar negativo para a doença, o astro argentino ainda não voltou aos treinamentos com o grupo principal do Paris Saint-Germain, e pode ficar de fora até dos próximos jogos da Argentina. O argentino lamentou o longo tempo de recuperação, mas agradeceu o carinho dos fãs.

"Como vocês sabem, eu tive covid-19 e queria agradecer por todas as mensagens que recebi e dizer que demorei mais do que eu pensava para ficar bem, mas estou quase me recuperando e estou muito ansioso para voltar a campo", escreveu.

"Eu tenho treinado esses dias para me colocar a 100%, desafios muito legais estão por vir este ano e espero que possamos nos encontrar novamente muito em breve. Obrigado", completou.

Foi a primeira vez que Messi se pronunciou após contrair a covid-19. Ele testou positivo para a doença no início de janeiro, quando estava na Argentina para as festas de fim de ano. No dia 5, ele recebeu o exame negativo, e voltou para Paris. Mas até agora segue em trabalho individual de recuperação, segundo o boletim divulgado pelo PSG.

A última partida de Messi foi no dia 22 de dezembro, contra o Lorient. Ele deve seguir fora da equipe, sendo um dos prováveis desfalques contra o Brest, neste sábado (15), pela 21ª rodada do Campeonato Francês. E pode até mesmo ser ausência nos próximos duelos da seleção argentina, pelas Eliminatórias.

Segundo a ESPN local, o PSG discute com a Associação de Futebol do país (AFA) a possibilidade de liberar o craque dos confrontos contra Chile, no dia 27, e Colômbia, no dia 1º de fevereiro. Como a seleção já está classificada para a Copa do Mundo, o clube acredita que a negociação possa dar certo.

A ideia do Paris Saint-Germain é deixar Messi bem preparado para os jogos contra o Real Madrid, nos dias 15 de fevereiro e 9 de março, pelas oitavas de final da Liga dos Campeões.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas