Messi sobre os gramados da Copa América: 'Todos são muito ruins'

esportes
24.06.2019, 13:05:00
Atualizado: 24.06.2019, 16:44:16
Messi critica gramados da Copa América (Luis Acosta / AFP)

Messi sobre os gramados da Copa América: 'Todos são muito ruins'

Craque argentino soltou o verbo após assegurar a classificação para as quartas de final do torneio

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Após a terceira partida disputada na Copa América com a camisa da Argentina, Lionel Messi perdeu a paciência com os gramados da competição continental, que está sendo realizada no Brasil, aumentando o coro de reclamações, que também foram feitas por Lionel Scaloni, treinador da sua seleção. 

"Todos os gramados em que jogamos são muito ruins. É muito difícil jogar, sempre necessita de algo para parar a bola", disse o capitão argentino após a vitória de domingo (23) sobre o Catar, na Arena do Grêmio, em Porto Alegre, por 2x0, resultado que classificou a sua equipe às quartas de final. 

O lance que deve ter incomodado bastante o camisa 10 argentino foi aos 27 minutos do segundo tempo. De Paul cruzou da esquerda e o craque tentou bater de primeira. Mas a bola quicou pouco antes e a finalização saiu totalmente errada. 

Antes do jogo na capital gaúcha, a seleção argentina se apresentou na Fonte Nova, em Salvador, na derrota para a Colômbia, e no Mineirão, no empate frente ao Paraguai. Nas quartas de final, contra a Venezuela, sexta-feira (28), às 16h, o craque vai ter a oportunidade de atuar no Maracanã.

Messi também revelou que atuou pressionado diante do Catar por causa da necessidade da vitória e o perigo da eliminação na competição, mas elogiou a postura da equipe no triunfo por 2x0 "Eu me senti bem, a equipe mostrou uma atitude muito boa, uma vontade e um compromisso como sempre. É difícil jogar assim, com a necessidade, a obrigação, com o medo de ficar fora".

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas