Meteoros caem no Rio de Janeiro e no Espírito Santo

brasil
20.02.2013, 14:14:00

Meteoros caem no Rio de Janeiro e no Espírito Santo

Moradores das cidades de Cabo Frio e Rio das Ostras, no Rio de Janeiro, viram uma "bola de fogo" no céu. A torre da Infraero no aeroporto de Vitória (ES) registrou outro meteoro.

Da Redação
Atualizado às 14h44

Moradores do estado do Rio de Janeiro foram surpreendidos por uma bola de fogo que cruzou o céu fluminense na manhã desta quarta-feira (20). De acordo com o Jornal Hoje, diversos moradores das cidades de Cabo Frio e Rio das Ostras viram o fenômeno por volta das 10h. O fenômeno foi identificado como a queda de um meteoro na região. 

Até o momento não foram encontradas fotos ou vídeos de cinegrafistas amadores que tenham registrado o momento em que o fato aconteceu, dada à velocidade com a qual o objeto caiu na Terra e a forte luz do Sol no período do fim da manhã, quando o evento aconteceu.

Ainda segundo o Jornal Hoje, um outro meteoro caiu nesta manhã no Espírito Santo. O fato foi confirmado por funcionários da Infraero que trabalham na torre de controle do aeroporto Eurico de Aguiar Salles, no município de Vitória, no Espírito Santo.

Eles avistaram a queda de um objeto que deixou um rastro luminoso no céu. Segundo a Infraero, o fenômeno aconteceu de forma rápida e, portanto, não houve necessidade de alertar as aeronaves da região sobre o ocorrido.

Meteoro na Rússia
Na última sexta-feira (15), um meteoro caiu na região de Chelyabinsk, nos Montes Urais, na Rússia e deixou quase 1500 pessoas feridas. O meteorito caiu a 80 quilômetros da cidade de Satka, no distrito de mesmo nome, por volta das 9h20 locais, mas a onda expansiva afetou várias regiões adjacentes e até a vizinha república asiática do Cazaquistão. 


Queda de meteoro na Rússia deixa 100 feridos (Foto: Flickr)

De acordo com o Ministério do Interior russo, mais de 3 mil edifícios sofreram danos por causa do fenômeno. O governador da região Mikhail Yurevich informou que mais de 100 mil proprietários de imóveis foram afetados, causando um prejuízo de mais de 1 bilhão de rublos (US$ 30 milhões).


Pedaços do meteoro estão sendo estudados por cientistas

Cientista já começaram os trabalhos de recuperar e estudar os fragmentos do meteoro para determinar o seu conteúdo. Enquanto isso, diversos outros pedaços da rocha, que explodiu no céu liberando a energia de uma bomba nuclear, estão sendo comercializados pela Internet.

Diversos cinegrafistas amadores e câmeras de segurança da região flagraram o momento exato da queda do meteoro. As imagens foram amplamente divulgadas pelo Youtube no dia do incidente, confira.

Bola de fogo nos EUA
Apenas um dia após a queda do meteoro na Rússia, moradores dos Estados Unidos e de Cuba puderam visualizar um fenômeno semelhante. No sábado (16), um deles chegou a registrar o momento em um vídeo, que mostra um raio de luz surgindo e desaparecendo no céu.

###YOUTUBE###

O instituto de ciência especial de Oakland, nos EUA, foram informados do ocorrido, mas afirmaram que não puderam esclarecer o que era o objeto porque os seus telescópios não registraram o fato.

Em entrevista à NBC, o astrônomo Gerald Mckeegan disse não ter visto a bola de fogo, mas acredita que, pelos relatos, o objeto deve ser um meteoro esporádico que caiu na Terra - um evento que pode acontecer várias vezes em um dia.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas