Metrô de Salvador faz viagem de teste até o Aeroporto

salvador
21.12.2017, 11:33:00
Atualizado: 21.12.2017, 12:11:35
(Foto: CORREIO)

Metrô de Salvador faz viagem de teste até o Aeroporto

Transporte de passageiros está previsto para fevereiro

A Linha 2 do Metrô de Salvador, que vai ligar a Região Metropolitana de Salvador ao Centro da capital, ganhou mais 3,5 km de extensão e uma nova estação. Na manhã desta quinta-feira (21), durante viagem de teste, apenas com alguns funcionários, a composição chegou pela primeira vez à Estação Aeroporto. 

O trem partiu da Estação Mussurunga por volta de 9h, com diretores e equipes técnicas da concessionária CCR, que administra o sistema, da Secretaria de Desenvolvimento Urbano do Estado (Sedur-BA), da Companhia de Transportes do Estado da Bahia (CTB) e certificadora, além de autoridades, entre elas, a secretária de Desenvolvimento Urbano do Estado (Sedur-BA), Jusmari Oliveira, o presidente da CTB, Eduardo Copello, o diretor-presidente da CCR Metrô Bahia, Luis Valença. 

“A fase de testes é fundamental para que o metrô opere oferecendo segurança e conforto aos passageiros, características que marcam os serviços ofertados pela concessionária CCR Metrô Bahia”, afirmou Valença.

Segundo a assessoria da CCR, durante a viagem foi verificado o desempenho do trem no novo trecho, o funcionamento da rede aérea de energia e outros aspectos técnicos do sistema metroviário. 

Teste reúne equipe técnica e autoridades na nova Estação Aeroporto (Foto: CORREIO)

Operação comercial
As vistorias vão seguir até o início da operação comercial, quando será iniciado com o transporte de passageiros, previsto para fevereiro de 2018, beneficiando baianos e turistas, o que pode ampliar a expectativa de usuários para 500 mil por dia. Atualmente, o metrô transporta, diariamente, cerca de 270 mil pessoas.

Com o início das operações da Estação Aeroporto, os moradores de Lauro de Freitas poderão chegar à região da Rodoviária, em cerca de 25 minutos, e do Aeroporto até a Lapa, no Centro, em 35 minutos, utilizando o metrô.

Com a Estação Aeroporto, o sistema metroviário contará com 33 km de extensão, 20 estações e 8 terminais de integração com ônibus. Os terminais de ônibus Pituaçu e Aeroporto seguem em fase de obras, com previsão para conclusão em janeiro. 

A Linha 1 é composta por 8 estações em operação e 12 km de extensão que vai da Estação Lapa à Estação Pirajá, já a Linha 2 – Acesso Norte a Mussurunga – possui 11 estações e 17 km em funcionamento. 

Com a operação da Estação Aeroporto, a Linha 2 passará a ter 21 km e 12 estações. A expectativa do Governo do Estado é expandir o sistema metroviário com a Linha 1 chegando à Águas Claras/Cajazeiras e a Linha 2 seguindo até a antiga loja Insinuante de Lauro de Freitas.

Até agora, o projeto do metrô, desde a assinatura do contrato de concessão em modelo de Parceria Público-Privada (PPP) em 2013, recebeu investimentos na ordem de R$ 5,6 bilhões, valor que inclui obras das Linhas 1 e 2, revitalização de seis trens e sistemas, reforma e ampliação dos terminais de ônibus, aquisição de 34 novos trens, implantação de sistemas, manutenção e operação do metrô. No auge das obras, o projeto chegou a empregar mais de 8 mil trabalhadores diretos, indiretos e terceiros.