Michael Rodrigues avança e vai encarar Medina na França

esportes
11.10.2018, 12:50:00
O brasileiro Michael Rodrigues passa pelo havaiano Ezekiel Lau e avança à quarta fase da etapa da França do Circuito Mundial de Surfe (Masurel / WSL)

Michael Rodrigues avança e vai encarar Medina na França

Os surfistas brasileiros vão disputar a quarta fase com o australiano Mikey Wright

O brasileiro Michael Rodrigues fez sua parte nesta quinta-feira (11) na etapa da França do Circuito Mundial de Surfe. Ele avançou à quarta fase da competição ao passar pelo havaiano Ezekiel Lau na terceira, e terá como adversário seu compatriota Gabriel Medina, um dos concorrentes ao título da temporada.

Nesta quinta, foram realizadas as cinco baterias restantes da terceira fase em Soorts-Hossegor. Michael Rodrigues era o único brasileiro restante e foi para a água logo na primeira bateria do dia. Diante de Lau, ele teve 7,33 e 6,20 como melhores notas e venceu o adversário por 13,53 a 11,16.

Com o resultado, Michael Rodrigues garantiu a permanência na elite do surfe mundial. Para seguir vivo na França, porém, ele não terá tarefa fácil. Afinal, vai encarar na quarta fase o australiano Mikey Wright e o brasileiro Gabriel Medina, que pode assumir a liderança da temporada nesta etapa, após a eliminação precoce de Filipe Toledo.

Outros dois brasileiros estão vivos e se enfrentam na quarta fase na França: Willian Cardoso e Adriano de Souza, o "Mineirinho", que cairão na água em bateria que conta também com o australiano Ryan Callinan. Por outro lado, além de Filipinho, já foram eliminados Miguel Pupo, Ian Gouveia, Wiggolly Dantas, Jesse Mendes, Tomas Hermes e Yago Dora.

A próxima chamada para a etapa da França do Circuito Mundial de Surfe está prevista para sexta-feira (12). Filipinho lidera a temporada com 49.785 pontos, seguido por Medina, com 45.685, o australiano Julian Wilson, com 37.125, e Italo Ferreira, com 31 825.

***

Em tempos de desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informações nas quais você pode confiar. E para isso precisamos de uma equipe de colaboradores e jornalistas apurando os fatos e se dedicando a entregar conteúdo de qualidade e feito na Bahia. Já pensou que você além de se manter informado com conteúdo confiável, ainda pode apoiar o que é produzido pelo jornalismo profissional baiano? E melhor, custa muito pouco. Assine o jornal.


Relacionadas