MP abre inquérito contra Detran por supostas irregularidades na confecção de placas

satélite
19.01.2019, 05:00:00

MP abre inquérito contra Detran por supostas irregularidades na confecção de placas

por Jairo Costa Júnior, com Luan Santos

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

O Ministério Público estadual (MP) abriu um inquérito para investigar supostas  irregularidades cometidas pelo Detran na implantação do sistema CSO (Central de Serviços Online). Denúncias  levadas ao MP apontam para indícios de fraudes na confecção de placas e tarjetas para veículos. A apuração, conduzida pela promotora Heliete Rodrigues Viana, começou no final de 2017 e resultou em outros quatro  procedimentos de investigação, que estão em andamento no MP. Em um deles, a Promotoria mira a Associação dos Fabricantes e  Revendedores de Placas, Letreiros e Afins da Bahia. As suspeitas giram em torno de fraudes em contratos e cobranças de taxas abusivas para  serviços de emplacamento de veículos. 

Olho no lance
No início do mês, o MP iniciou outra investigação contra o Detran por irregularidades na implantação das placas do padrão Mercosul no estado. Um dos alvos é o contrato do órgão com uma das empresas credenciadas recentemente para fabricar as placas na Bahia.

Pontapé inicial
O Ministério de Minas e Energia liberou a operação da usina Juazeiro Solar  II, que em plena operação vai abastecer cerca de 350 mil famílias no Norte da Bahia. Inicialmente, a usina de energia solar, cujo projeto é comandado pela Atlas Renewable Energy, vai operar em fase de testes. O parque tem capacidade para gerar 156 MW e possui 450 mil painéis fotovoltáicos. 

Saída pela direita
O deputado federal Rodrigo Maia (DEM-RJ) tem evitado negociar a agenda de costumes nas articulações para conseguir se reeleger presidente da Câmara. Parlamentares baianos revelaram à Satélite que a prioridade de Maia é a pauta econômica. “Maia não vai se comprometer. Já deixou claro que a economia está no primeiro plano”, contou um deles. 

Lavagem de roupa
Após romperem relações, o deputado federal Antonio Brito (PSD) e o prefeito de Jequié, Sérgio da Gameleira (PSB), passaram a bater boca publicamente. A cada crítica de Brito, Sérgio afirma que o ex-aliado só prioriza o projeto pessoal.

Mão amiga
O governador Rui Costa (PT) elegeu Jerônimo Rodrigues (PT) como favorito para assumir a Secretaria da Educação. Homem de confiança de Rui, Jerônimo ganhou a preferência diante da recusa de outros nomes cotados e deverá comandar um “choque de gestão” na pasta, a pedido de Rui. O deputado Waldenor Pereira (PT) já não é opção.

Fé que falha
Prestes a encerrar a carreira de deputado federal, Luiz Caetano (PT) foi à Colina Sagrada, quinta passada, pedir ao Senhor do Bonfim para reverter sua inelegibilidade. Ao que parece, o apelo não deu certo. Nesta semana, uma atualização do sistema do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) já aponta o petista como “não eleito”. Agora, restam os recursos ao Supremo, porque reza não está resolvendo.

Pílula
Entre devotos -
A ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos, Damares Alves, pode ser homenageada com a Comenda 2 Julho. A proposta é do deputado Samuel Júnior (PDT), que justifica a honraria pela “competência e dedicação às questões sociais” de Damares, que é evangélica, assim como Samuel. 

"Nosso grande receio é que a capoeira volte a ser marginalizada e perseguida, inclusive pelas forças policiais do estado, como já aconteceu inúmeras vezes na história de nosso país", Luiz Carlos, vereador de Salvador, do PRB, ao repudiar um decreto da prefeitura de Curitiba que regulamenta as manifestações culturais promovidas por artistas de rua, incluindo nesse escopo a capoeira. Para o vereador, a medida, que restringe a atuação de artistas de rua, não pode ser usada como exemplo para outros locais do país

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas