'Muita gente vai perder espaço', avisa Wagner Lopes, técnico do Vitória

e.c. vitória
22.09.2021, 22:54:00
Atualizado: 23.09.2021, 15:55:36
Bruno Oliveira briga pela bola para o Vitória diante do Coritiba, no Barradão (Pietro Carpi/EC Vitória)

'Muita gente vai perder espaço', avisa Wagner Lopes, técnico do Vitória

Treinador rubro-negro avalia empate de 0x0 com o Coritiba e projeta mudanças no time

O Vitória empatou mais uma vez, a 13ª em 25 rodadas da Série B do Brasileiro. Na noite desta quarta-feira (22), o rubro-negro ficou no 0x0 com o líder Coritiba, no Barradão. O resultado manteve o Leão na zona de rebaixamento, onde já está há dez rodadas, e fez o técnico Wagner Lopes chegar a uma conclusão: vai mexer no time significativamente para os próximos jogos.

O técnico anunciou as mudanças durante a entrevista coletiva após o empate. Já são três partidas seguidas sem vencer. Antes, o Vitória havia perdido para o Remo por 2x1, no Barradão, e empatado sem gols com o Brusque em Santa Catarina.

“Essa é a questão-chave. Papo reto, a gente vem dando oportunidades para vários atletas, mas, entra um e sai outro, e continua com a mesma ineficiência. Então a gente vai procurar outras soluções, na base, dentro do elenco, contratações. Tem atletas chegando, e a gente vai oportunizar”, disse Wagner Lopes.

“Porque não adianta você fazer as mesmas coisas e achar que o resultado vai ser diferente de uma hora para outra, que o cara vai começar a render o que não está rendendo. Então a gente vai dar oportunidade, e muita gente vai perder espaço. Essa é a realidade”, completou.

O próximo adversário é o Londrina, concorrente direto na luta contra o rebaixamento. O Vitória é 17º colocado, com 25 pontos, e a equipe paranaense tem 24, em 18º lugar. O jogo será sábado (25), às 16h, no estádio do Café, em Londrina (PR).

Wagner Lopes durante a partida entre Vitória e Coritiba
(Foto: Arisson Marinho/CORREIO)

Apesar da dureza do discurso, Wagner Lopes enalteceu o esforço dos atletas. Ele não quis dizer quem vai perder espaço. “A gente não exterioriza os nossos problemas, sabe da honradez que os nossos jogadores têm. E eles têm dado a vida pelo Vitória. Só que a gente está em busca de soluções internas, que não exterioriza. Os nossos jogadores estão sendo muito guerreiros mediante a grandeza dos problemas que nós temos”, ponderou.

“Está todo mundo buscando fazer o melhor, dando tudo que pode. Mas os problemas são grandes. E a gente está tentando superar isso na parceria, na camaradagem, na amizade. Isso aqui é uma família, todo mundo dando a vida pelo clube. Então eu tenho muita convicção que nós vamos sair da zona de rebaixamento na hora certa, para não voltar mais”, vislumbrou.

Análise do empate com o Coritiba
Especificamente sobre o 0x0 contra o Coritiba, o treinador rubro-negro valorizou o resultado diante do líder do campeonato: “Os dois times muito bem organizados. O Coritiba não está em primeiro lugar por acaso. É difícil entrar nesse time, criar oportunidades. E também acho que tiveram duas chances reais de gol e o Lucas fez grandes defesas. A gente treina muito essa situação de criação, de finalizar de longa e média distância, de reação rápida pós-finalização. Nós tivemos uma finalização muito boa do Fernando Neto. E o Caíque Souza, se ele reage na hora da batida, ele pega o rebote do Wilson e faz o gol”, pontuou.

Wagner Lopes elogiou a postura defensiva e analisou que a equipe deixou a desejar no quesito criatividade. “A gente está demorando um pouquinho para ir conferir esse rebote e arriscar mais de fora da área. A gente treina, cobra. Mas, infelizmente, hoje a gente não conseguiu criar tanto quanto queria. Principalmente, vencer o jogo. Mas acho que fizemos um jogo bom, defensivamente muito equilibrado, sólido. A gente está no caminho certo. Claro que queríamos vencer dentro de casa, mas temos que ressaltar que enfrentamos o time que mais pontuou no campeonato”, afirmou.


Veja os melhores momentos do jogo:

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas