Mulher e filhas de Guardiola estavam no show de Ariana Grande durante explosão

Futebol
23.05.2017, 08:53:00
Atualizado: 23.05.2017, 08:55:05

Mulher e filhas de Guardiola estavam no show de Ariana Grande durante explosão

Polícia de Manchester trabalha com a hipótese de ataque terrorista após a explosão que deixou pelo menos 22 mortos

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

O técnico espanhol Pep Guardiola, do Manchester City, passou por um susto na noite desta segunda-feira (22). A mulher do treinador Cristina Serra, e as duas filhas do casal, Valentina e María, estavam no show da cantora americana Ariana Grande quando uma explosão deixou pelo menos 22 mortos e 59 feridos. 

O show acontecia na Manchester Arena e, de acordo, com a TV3, da Catalunha, vários jogadores do Manchester City também estavam no evento. Apesar do grande susto, nenhum deles se feriu. O perfil ligado ao técnico no Twitter postou mensagem de pesar pelo acontecido. 

Resultado de imagem para guardiola correio 24h
Técnico usou as redes sociais para lamentar o ataque após o show na Manchester Arena (Foto: AFP)

"Chocado. Não posso acreditar no que aconteceu ontem à noite. Minhas profundas condolências às famílias e amigos das vítimas", escreveu Guardiola na sua conta oficial.

A polícia de Manchester trabalha com a hipótese de que a explosão tenha sido um ataque feito por um único suspeito, que utilizava um explosivo improvisado e teria morrido no local.

A explosão aconteceu perto da bilheteria da Manchester Arena, logo após o encerramento do show da cantora americana Ariana Grande no estádio. Pelo Twitter, a artista lamentou a tragédia e disse “não ter palavras”.

A primeira ministra do Reino Unido, Theresa May, publicou uma declaração oficial prestando solidariedade às vítimas. “Estamos trabalhando para estabelecer os detalhes completos do que está sendo tratado pela polícia como um terrível ataque terrorista. Nossos pensamentos estão com as vítimas e suas famílias”.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas