Municípios de Santa Catarina e Minas Gerais decretam situação de emergência por causa das chuvas

brasil
24.01.2011, 10:34:00

Municípios de Santa Catarina e Minas Gerais decretam situação de emergência por causa das chuvas

Foram contabilizados, no estado, 15.954 pessoas desalojadas, 1.745 desabrigadas, 780 deslocadas para casas de parentes e amigos e cinco mortes

Redação CORREIO

As fortes chuvas no estado de Santa Catarina levaram a Defesa Civil a decretar estado de emergência em 28 municípios, entre eles, Alto Vale do Itajaí e Mirim Doce. De acordo com a Defesa Civil do estado, ao todo, 52 cidades foram afetadas pelas chuvas na região. Foram contabilizados, no estado, 15.954 pessoas desalojadas, 1.745 desabrigadas, 780 deslocadas para casas de parentes e amigos e cinco mortes.

Segundo as Centrais Elétricas de Santa Catarina (Celesc), as chuvas causaram danos como quedas de barreiras, instalações públicas e privadas e desligamentos em caráter de segurança. Houve falta de energia na região na manhã do domingo (23). Foram prejudicados os serviços de água, energia e transporte no estado.

Em Minas Gerais, 17 pessoas morreram, 2.626 estão desabrigadas e 147.301 desalojadas. A Defesa Civil do estado afirma que os municípios mineiros têm sofrido com as tempestades e chuvas desde terça-feira (11). Noventa e oito cidades estão em situação de emergência.

O governador do estado, Antonio Anastasia, anunciou a liberação de R$ 3 milhões para obras nos municípios afetados pelas enxurradas e para a reconstrução de pontes danificadas na cidade de Ipuiúna.

O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) prevê para Santa Catarina e Minas Gerais tempo chuvoso, com céu parcialmente nublado e pancadas de chuvas. As informações da Agência Brasil.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas