Na Bahia, governo distribuirá repelentes para grávidas a partir do dia 15

saúde
03.03.2017, 22:49:00
Atualizado: 03.03.2017, 22:56:05

Na Bahia, governo distribuirá repelentes para grávidas a partir do dia 15

Produto oferece proteção contra insetos como o Aedes aegypti, Culex e Anopheles aquasalis

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

A partir do dia 15 deste mês de março, a menos de três semanas para o fim do verão, a Secretaria Estadual da Saúde (Sesab) inicia a distribuição dos repelentes adquiridos pelo Ministério da Saúde para as gestantes beneficiárias do Programa Bolsa Família. Serão distribuídos às baianas mais de 109 mil repelentes por mês. Segundo o cronograma estabelecido pela pasta, serão sete lotes para a distribuição, sendo que dois deles estarão disponíveis nesta primeira entrega.

Os municípios que receberão mensalmente o maior quantitativo de repelentes são: Salvador (9.810), Feira de Santana (2.904), Juazeiro (2.104), Vitória da Conquista (2.032), Itabuna (1.150), Jequié (1.236), Ilhéus (1.108), Porto Seguro (1.090), Lauro de Freitas (1.068) e Barreiras (1.046). O Ministério da Saúde explicou que a substância ativa do repelente é o DEET (Diethyl Toluamide), que oferece proteção contra insetos como o Aedes aegypti, Culex e Anopheles aquasalis por até 10 horas.

Para a retirada do produto, a Sesab informou que as 417 secretarias municipais de Saúde deverão apresentar os mesmos documentos previstos para a entrega dos medicamentos do componente básico da assistência farmacêutica junto à Central Farmacêutica da Bahia (Cefarba). É preciso agendar previamente por meio do e-mail sesab.caf@saude.ba.gov.br.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas