Nadal arrasa Schwartzman e Djokovic é eliminado em Indian Wells

esportes
13.03.2019, 09:51:00
O espanhol Rafael Nadal vence o argentino Diego Schwartzman Masters 1000 de Indian Wells, nos Estados Unidos (Clive Brunskill/Getty Images/AFP)

Nadal arrasa Schwartzman e Djokovic é eliminado em Indian Wells

No feminino, a romena Simona Halep, atual número dois do mundo, perdeu para a checa Marketa Vondrousova

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Resultados opostos para os dois principais favoritos ao título do Masters 1000 de Indian Wells, nos Estados Unidos. O espanhol Rafael Nadal arrasou o argentino Diego Schwartzman, mas o sérvio Novak Djokovic foi eliminado pelo alemão Philipp Kohlschreiber na terça-feira (12).

O número 1 do mundo já havia enfrentado dificuldades na estreia, contra o local Bjorn Fratangelo, que saíra do qualifying. Mas a falta de ritmo ficou escancarada nesta terça, diante do 39º do mundo. Contra o rival de 35 anos, Djokovic cometeu 32 erros não-forçados, contra 23 do alemão. Ambos anotaram 16 bolas vencedoras. 

No set inicial, Kohlschreiber salvou quatro break points e obteve uma quebra de saque para abrir vantagem e encaminhar a parcial. No segundo, chegou a perder o serviço, mas obteve duas quebras, diante de um apático Djokovic, e confirmou o triunfo em 1h38min. Foi apenas a segunda vitória do alemão sobre o sérvio. A primeira, por sinal, foi obtida há dez anos.

Vindo do título do Aberto da Austrália, o líder do ranking não vai sofrer ameaças em sua posição. Isso porque ele caiu na estreia no ano passado em Indian Wells. No total, Djokovic soma seis troféus na quadra dura do torneio norte-americano, o primeiro de nível Masters 1000 da temporada. 

Com o grande triunfo, o tenista da Alemanha se garantiu nas oitavas de final. Seu próximo adversário será o francês Gael Monfils. 

Na outra ponta da chave, Rafael Nadal mostrou que vive situação oposta a de Djokovic. Se o sérvio exibiu apatia e falta de ritmo, o espanhol está embalando na quadra dura. O número dois do mundo precisou de apenas 1h15min para superar Diego Schwartzman por 6/3 e 6/1. Foi o sétimo triunfo em sete jogos de Nadal contra o atual 26º do mundo.

Acostumado a mostrar solidez no fundo de quadra, o espanhol surpreendeu nesta terça ao exibir força também no saque. Ele acertou 81% dos pontos quando jogou com o primeiro serviço e não teve o saque ameaçado em nenhum momento da partida. Ao mesmo tempo, obteve quatro quebras sobre o argentino.

Nas oitavas de final, o dono de três títulos em Indian Wells vai encarar agora o sérvio Filip Krajinovic, atual 113º do mundo, que avançou nesta terça ao despachar o russo Daniil Medvedev por 6/3 e 6/2. 

Mais cedo, o japonês Kei Nishikori e o croata Marin Cilic tiveram o mesmo destino de Djokovic. O tenista asiático, número sete do mundo, caiu diante do polonês Hubert Hurkacz por 4/6, 6/4 e 6/3, enquanto Cilic foi batido pelo canadense Denis Shapovalov por 6/4 e 6/2. Hurkacz e o tenista do Canadá vão se enfrentar nas oitavas. 

Já o local John Isner avançou ao passar pelo argentino Guido Pella, campeão do Brasil Open, por 6/3 e 6/4. O anfitrião enfrentará nas oitavas o russo Karen Khachanov, que eliminou o russo Andrey Rublev por 7/5 e 6/3.

FEMININO

Na outra chave da competição, também houve queda surpreendente na terça. A romena Simona Halep, atual número dois do mundo, foi eliminada pela checa Marketa Vondrousova em três sets: 6/2, 3/6 e 6/2.

Outra ex-número 1 do mundo, a espanhola Garbiñe Muguruza se saiu melhor ao bater a holandesa Kiki Bertens por 5/7, 6/1 e 6/4 e garantiu seu lugar nas quartas de final. E a canadense Bianca Andreescu derrotou a chinesa Qiang Wang por 7/5 e 6/2, também assegurando vaga nesta fase pela primeira vez na carreira.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas