'Não conseguimos chutar a gol', diz Ignácio após empate do Bahia

e.c. bahia
06.02.2019, 23:45:00
Atualizado: 07.02.2019, 10:25:49
Time do Bahia teve atuação fraca em empate diante do Atlético de Alagoinhas (Foto: Felipe Oliveira/EC Bahia)

'Não conseguimos chutar a gol', diz Ignácio após empate do Bahia

Tricolor teve dificuldade em criar jogadas diante do Atlético de Alagoinhas

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

O empate por 1x1 com o Atlético de Alagoinhas, na noite desta quarta-feira (6), no estádio Carneirão, em Alagoinhas, foi o suficiente para colocar o Bahia no G4 do Campeonato Baiano. Com cinco pontos em quatro jogos, o tricolor ocupa agora a terceira colocação.

Apesar de ter subido na tabela, a atuação do time B não empolgou os torcedores, e os atletas reconheceram o mau desempenho ao final da partida. "Sabíamos da dificuldade. Tentamos impor nosso ritmo e não conseguimos concluir a gol. Temos que trabalhar e ver os erros para tentar recuperar", disse o zagueiro Ignácio.

Para o atacante Rodrigo, que entrou no segundo tempo, o time fez um bom jogo, mas errou muito no último passe e não conseguiu criar boas chances de gol. "Faltou mais qualidade no último passe. A gente vinha trabalhando, mas, na hora do último passe, a gente pecou muito", explicou.

Estreante da noite, o volante Fernando Medeiros valorizou o empate. Para ele, o time precisa continuar trabalhando para aproveitar melhor as oportunidades.  "Particularmente, eu achei uma partida boa, conseguimos um grande ponto. Agora é dá sequência. O time sentiu o cansaço e é trabalhar mais para não deixar passar no próximo jogo", afirmou.

O Bahia volta a entrar em campo nessa quinta-feira (7), quando enfrenta o Liverpool do Uruguai pela primeira fase da Copa Sul-Americana. A partida começa às 18h15, na Fonte Nova.

Pelo Baianão, o próximo compromisso do tricolor será no domingo (10), quando recebe o Jacobina, às 16h, também na Fonte.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas