Negritude em destaque na Aliança Francesa

entretenimento
11.11.2018, 11:00:00

Negritude em destaque na Aliança Francesa

Tiganá Santana abre o Mês da Consciência Negra na Aliança Francesa neste domingo (11)

Autor de canções em línguas como kikongo e kimbundu, de Angola e do baixo Congo, o cantor baiano Tiganá Santana é quem abre a programação do Mês da Consciência Negra na Aliança Francesa neste domingo (11), no Teatro Molière, às 20h, acompanhado pelo músico Jorge Solovera. A programação multilinguagem segue até dia 28 com atrações de música, teatro, literatura e audiovisual.

Para refletir sobre identidade e cultura, o evento também exibe o documentário Makala (2017), no dia 20, seguido de bate-papo com o diretor  Emmanuel Gras, na Saladearte Cinema do Museu. Nos dias 21 e 22, o evento recebe a editora francesa Paula Anacaona, responsável pela tradução de autores brasileiros para o idioma francês como José Lins do Rêgo e Conceição Evaristo.

Além de participar de uma mesa, Paula lança seu primeiro romance, Tatou. Por fim, nos dias 27 e 28, o griô François Moïse Bamba, do país africano Burkina Faso, faz uma apresentação de teatro e oferece um ateliê de contação de histórias.

Serviço
Onde: Aliança Francesa (Ladeira da Barra, 401 | 3336- 7599)
Quando: Domingo (11), às 20h, e dias 20, 21, 22, 27 e 28
Ingresso: R$ 40 | R$ 20 (hoje), R$ 20 | R$ 10 (dia 27), R$ 10 | R$ 5 (21) e gratuito (dias restantes)
Vendas: Sympla

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas