Neymar decide no dia do aniversário da irmã e PSG vence Dortmund

esportes
11.03.2020, 18:54:00
Neymar comemora gol que abriu caminhos para classificação do PSG (Foto: Uefa/AFP)

Neymar decide no dia do aniversário da irmã e PSG vence Dortmund

Brasileiro marcou o gol de nº 400 na carreira; estádio teve portões fechados por conta do coronavírus

Sem torcida no Parque dos Príncipes, o PSG não enfrentou muitas dificuldades para reverter a derrota por 1x0 sofrida para o Dortmund e avançar às quartas da Liga dos Campeões. Nesta quarta-feira (11), o time parisiense fez 2x0 logo no primeiro tempo e liquidou a fatura em uma partida que teve ar de jogo-treino. O time se junta a RB Leipzig e Atalanta, que venceram seus confrontos na última terça.

Talvez o marasmo que se criou com a ausência da torcida dentro do estádio tenha aumentado esta sensação, mas a partida foi muito tranquila para o PSG. Neymar abriu o placar e Bernat fechou a fatura.

O brasileiro voltou a ser protagonista - como se espera de um jogador com tanta qualidade. Foi dele o gol do time francês no jogo de ida, vencido pelo Dortmund por 2x1, e foi dele o primeiro gol do jogo aproveitando, de cabeça, escanteio cobrado por Dí Maria na direita. Foi o gol de nº 400 do brasileiro em sua carreira.

Neymar colocou de lado uma série de polêmicas. Este 11 de março é, nada mais, nada menos, do que o aniversário de sua irmã Rafaela. Por lesão ou suspensão, foram cinco anos consecutivos do atacante fora de combate nesta data querida. Desta vez, não teve polêmica e ele mostrou a sua importância para as pretensões do PSG.

Torcida do PSG ignorou aglomeração e foi para a porta do Parque dos Príncipes para apoiar time francês (Foto: Franck Fife/AFP)

O gol de Neymar já classificava os parisienses, mas o time do técnico Thomas Tuchel ainda ampliou aos 43 com Bernat aproveitando cruzamento de Sarabia na direita.

Com o resultado na mão, o PSG conseguiu controlar o jogo sem muitas dificuldades. Após sofrer bastante na Alemanha, Keylor Navas quase não trabalhou durante o jogo. Um dos maiores sufocos que passou foi aos 23 do segundo tempo, em chute de Brandt que desviou em Gueye e bateu na parte superior da rede, só que pelo lado de fora.

A grande emoção do segundo tempo foram as famosas cenas lamentáveis. Aos 43 do segundo tempo, Neymar puxou contra-ataque e foi derrubado por Emre Can. O brasileiro levantou para tirar satisfação com o volante alemão, que devolveu a encarada e empurrou Neymar. Marquinhos saiu da defesa empurrando tudo que viu pela frente e aí a confusão foi generalizada. Ninguém quis saber do risco de coronavírus.

No final das contas, Emre Can foi expulso. Do lado do PSG, Neymar, Marquinhos e Dí María levaram cartão amarelo.

A tônica do jogo seguiu até o fim da partida. Apesar do esforço, o Dortmund está eliminado nas oitavas novamente, assim como aconteceu na última temporada. Já o PSG avança para as quartas e segue sonhando com a primeira classificação para a semifinal de Champions League de sua história. E espera contar com Neymar para manter acesa a chama desse desejo.

*com supervisão do subeditor Miro Palma

***

Em tempos de desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informações nas quais você pode confiar. E para isso precisamos de uma equipe de colaboradores e jornalistas apurando os fatos e se dedicando a entregar conteúdo de qualidade e feito na Bahia. Já pensou que você além de se manter informado com conteúdo confiável, ainda pode apoiar o que é produzido pelo jornalismo profissional baiano? E melhor, custa muito pouco. Assine o jornal.


Relacionadas