Neymar sente dor e é substituído ainda no 1º tempo na Champions

esportes
28.10.2020, 16:32:00
Atualizado: 28.10.2020, 17:40:29
Neymar foi substituído aos 25 minutos do primeiro tempo (Foto: Ozan Kose/AFP)

Neymar sente dor e é substituído ainda no 1º tempo na Champions

Jogador sentiu desconforto muscular no jogo do PSG contra Istanbul Basaksehir e preocupa seleção brasileira

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Mais uma preocupação para a seleção brasileira. Durante o jogo do Paris Saint-Germain e Istanbul Basaksehir, nesta quarta-feira (28), pela Liga dos Campeões, Neymar sentiu dores e precisou ser substituído ainda no primeiro tempo. O atacante é um dos convocados pelo técnico Tite para disputar as Eliminatórias, mas pode acabar virando desfalque.

O lance que gerou o desconforto muscular aconteceu aos 18 minutos do jogo, na Turquia, válido pela 2ª rodada da Champions. Neymar carregou a bola na direção da área, mas não conseguiu prosseguir no lance. Logo depois, precisou de atendimento médico e saiu do campo. Chegou a enfaixar a coxa e tentou continuar na partida, mas desistiu.

Aos 25 minutos, o brasileiro foi substituído por Sarabia e seguiu diretamente para o vestiário, acusando o desconforto muscular na perna esquerda. O PSG venceu o Istanbul Basaksehir por 2x0, com dois gols de Kean, ambos no segundo tempo.

Neymar foi convocado na última sexta-feira (23) pelo técnico Tite para participar dos jogos do Brasil contra Venezuela e Uruguai, pelas Eliminatórias da Copa do Mundo de 2022. Além do atacante, também preocupa o volante Fabinho, que deixou o jogo do Liverpool, na última terça (27), com lesão muscular. O meia Philippe Coutinho já foi cortado por lesão e substituído por Lucas Paquetá.

Convocados por Tite:

  • Goleiros: Alisson (Liverpool), Ederson (Manchester City) e Weverton (Palmeiras);
  • Laterais: Danilo (Juventus), Gabriel Menino (Palmeiras), Alex Telles (Manchester United) e Renan Lodi (Atlético de Madrid);
  • Zagueiros: Éder Militão (Real Madrid), Marquinhos (PSG), Rodrigo Caio (Flamengo) e Thiago Silva (Chelsea);
  • Meio-campistas: Casemiro (Real Madrid), Douglas Luiz (Aston Villa), Arthur (Juventus), Everton Ribeiro (Flamengo), Fabinho (Liverpool) e Lucas Paquetá (Lyon);
  • Atacantes: Everton Cebolinha (Benfica), Roberto Firmino (Liverpool), Gabriel Jesus (Manchester City), Neymar (PSG), Richarlison (Everton) e Vini Junior (Real Madrid).

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas