Neymar supera Garrincha, Romário e Zico e entra para a história

esportes
03.07.2018, 04:43:00
Atualizado: 03.07.2018, 10:13:33
Neymar igualou marca de Bebeto e Rivellino em sua segunda Copa do Mundo (Manan Vatsyayana/AFP)

Neymar supera Garrincha, Romário e Zico e entra para a história

Camisa 10 é o nono maior goleador da seleção brasileira em Copas do Mundo

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Neymar não é unanimidade entre os torcedores brasileiros. Amado por uns e odiado por outros, muito por conta do seu jeito irreverente, o atacante entrou para o time dos 10 maiores artilheiros da história da seleção brasileira em Copas do Mundo, após marcar um gol na vitória de 2x0 contra o México, pelas oitavas de final do Mundial da Rússia. 

Tem que respeitar a história do menino Ney, que já não é mais tão menino assim. Aos 26 anos, o jogador superou Garrincha, Zico e Romário em número de gols marcados com a amarelinha - eles têm cinco, cada - e se igualou a outros dois nomes históricos no nono lugar da lista de maiores artilheiros da Seleção em Mundiais: Rivellino e Bebeto. O diferencial é que a dupla precisou de três Copas para atingir o número de seis gols em Mundiais, enquanto Neymar fez isso enquanto ainda disputa o torneio pela segunda vez na carreira.

A lista é liderada por Ronaldo Fenômeno, que soma 15 gols feitos ao longo de quatro edições de Copas do Mundo, embora só tenha jogado em três (1998, 2002 e 2006). À frente de Neymar, a história da Seleção ainda tem Pelé, com 12 gols, Jairzinho, Vavá e Ademir de Menezes, todos com nove, Rivaldo e Leônidas da Silva, que fizeram oito, e Careca, com sete.

Neymar marcou seu primeiro gol em Copas logo na sua estreia, em 2014, quando o Brasil abriu o Mundial com vitória sobre a Croácia por 3x1. Foram dois gols do atacante. Depois, fez mais dois na goleada por 4x1 diante de Camarões, ainda pela fase de grupos.

Neymar só voltou a marcar em Copas em 2018. Fez um na vitória por 2x0 sobre a Costa Rica, pela fase de grupos, e outro contra o México, na segunda-feira (2).

Os 15 maiores goleadores da Seleção Brasileira em Copas do Mundo:
1) Ronaldo: 15 gols
2) Pelé: 12 gols
3) Jairzinho: 9 gols
3) Ademir Menezes: 9 gols
3) Vavá: 9 gols
6) Rivaldo: 8 gols
6) Leônidas da Silva: 8 gols
8) Careca: 7 gols
9) Neymar: 6 gols
9) Rivellino: 6 gols
9) Bebeto: 6 gols
12) Garrincha: 5 gols
12) Zico: 5 gols
12 Romário: 5 gols
15) Sócrates: 4 gols

Gols de Neymar em Copas do Mundo:
12/06/2014 - Brasil 3 x 1 Croácia - Arena Corinthians - 2 gols
23/06/2014 - Brasil 4 x 1 Camarões - Mané Garrincha - 2 gols
22/06/2018 - Brasil 2 x 0 Costa Rica - Estádio Krestovsky, São Petersburgo - 1 gol
02/07/2018 - Brasil 2 x 0 México - Arena Samara, Samara - 1 gol

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas