O que devemos lembrar antes da 4ª temporada de Stranger Things

entretenimento
23.05.2022, 17:10:00
O xerife Hopper (David Harbour) se sacrifica para que Joyce (Winona Ryder) possa fechar o portal que dá acesso ao Mundo Invertido (divulgação)

O que devemos lembrar antes da 4ª temporada de Stranger Things

Novos episódios chegam na sexta (27) à Netflix; dia 1º de julho estreia a última temporada

Já se passaram três anos depois que os habitantes (por que não heróis?) de Hawkins apareceram em Stranger Things, um dos maiores sucesso da originais da Netflix. Agora, que a espera está perto de acabar, as últimas temporadas chegam pertinho uma da outra. A primeira parte estreia nesta sexta (27) e a segunda em 1º de julho.

Veja alguns pontos fundamentais para relembrar a trama focada em Eleven (Millie Bobby Brown) e seus amigos. 

Antes, veja os primeiros oito minutos da quarta temporada:

HOPPER DADO COMO MORTO
Uma das cenas finais da terceira temporada de Stranger Things mostra Hopper (David Harbour) se sacrificando para que Joyce (Winona Ryder) possa desligar a máquina que vinha reabrindo o portal para o Mundo Invertido. Embora uma cena pós-créditos até indicasse que o xerife havia sobrevivido, essa confirmação só aconteceu em fevereiro de 2020, quando o primeiro teaser do quarto ano mostrou o xerife num campo de trabalho forçado russo. Embora, o público saiba que ele está vivo, a população de Hawkins não sabe de nada.

ELEVEN SEM PODERES
A garota 'gastou' todos os seus poderes enfrentando o Devorador de Mentes. Num clipe recente revelado por Brown durante o The Tonight Show, é possível ver que, mesmo depois de muito tempo, ela segue sem suas habilidades psíquicas.

ELEVEN VAI MORAR NA  CALIFÓRNIA COM OS BYERS
Após a “morte” de Hopper, ela passou a morar com Joyce, Will (Noah Schnapp) e Jonathan (Charlie Heaton), que se mudaram para a Califórnia, onde pretender deixar os traumas de Hawkins para trás.

O DEVORADOR DE MENTES
A Batalha de Starcourt, mostrada no capítulo final da terceira temporada, apresenta o Devorador de Mentes tentando matar Eleven. Durante a luta, Billy (Dacre Montgomery), que estava sob domínio do vilão, se sacrifica para salvar os outros. Ao mesmo tempo, Joyce fecha o portal para o Mundo Invertido.Para acobertar a breve invasão russa que levou ao retorno do Devorador de Mentes, o governo dos Estados Unidos diz que um incêndio causou a morte de 30 pessoas. 

O DEMOGORGON RUSSO
Ainda não se sabe como nem quando, mas os russos têm seu próprio demogorgon. Mas a época é a da Guerra Fria, então dá para esperar de tudo no embate entre os EUA e a União Soviética.

Neste ponto, algumas questões ligadas às três primeiras temporadas de Stranger Things precisam ser ressaltadas:
1 - As criaturas do Mundo Invertido dependem de uma conexão mental com o Devorador de Mentes para existir no nosso mundo. Porém,se o portal foi realmente fechado no final do terceiro ano, como o demogorgon russo está vivo?

2- Os soviéticos estão tentando treinar os monstros para uso próprio ou buscando um jeito de derrotá-los? E, caso os russos também queiram derrotar os monstros do Mundo Invertido, será que eles se unirão aos norte-americanos?

COMO ESTÃO OS PROTAGONISTAS?
Considerando os trailers da quarta temporada, dá para presumir alguam coisa. Eleven e Will, por exemplo, estão vivendo com Joyce e se acostumando à sua nova vida na Califórnia. O trailer mais recente também mostra que Mike vai visitar a namorada e o melhor amigo, inclusive estando lá quando a garota é levada pelo que parece ser o governo dos EUA.

Já em Hawkins, Steve (Joe Keery) e Nancy (Natalia Dyer) parecem ter se reaproximado como amigos. Os dois, inclusive, acompanham Dustin (Gaten Matarazzo), Lucas (Caleb McLaughlin), Max (Sadie Sink) e Robin (Mia Hawke) quando o grupo decide investigar a casa de Victor Creel (Robert Englund), local que parece ter grande conexão com o Mundo Invertido.

Os ttrailers também dão a entender que Max terá importância maior nesta temporada. Além de funcionar como uma espécie de narradora da história, ela é vista flutuando e sendo observada de longe por alguma entidade estranha quando entra no Mundo Invertido ao lado dos amigos.


***

Em tempos de desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informações nas quais você pode confiar. E para isso precisamos de uma equipe de colaboradores e jornalistas apurando os fatos e se dedicando a entregar conteúdo de qualidade e feito na Bahia. Já pensou que você além de se manter informado com conteúdo confiável, ainda pode apoiar o que é produzido pelo jornalismo profissional baiano? E melhor, custa muito pouco. Assine o jornal.


Relacionadas