O silêncio e a cor na obra de Adilson Santos, no Palacete das Artes

césar romero
03.12.2018, 05:00:00
Atualizado: 03.12.2018, 17:08:30

O silêncio e a cor na obra de Adilson Santos, no Palacete das Artes

A obra de Adilson Santos está em cartaz no Palacete das Artes (foto/divulgação)

Adilson Santos se renova com a exposição Habitantes da Cidade, que está patente na Sala Contemporânea Mario Cravo Junior do Palacete das Artes, Graça, até 27 de janeiro de 2019. A curadoria é de Irene Santino e Mario Britto.

Uma mostra de grande fôlego, quando os 173 trabalhos expostos foram selecionados entre 245. As peças apresentadas são em têmpera sobre tela e sobre papel. Também se pode ler texto da curadoria, ainda de Rubio Rocha, Murilo Ribeiro e Guel Silveira.

Pode-se pensar em desenhos quando a têmpera se mostra em papel, pintura quando em telas. Mas, ainda outra leitura, de que tudo é pintura, com dois suportes diferentes. A técnica em Adilson Santos sempre foi uma obsessão, primoroso em seu fazer visual. Adilson Santos nasceu na cidade de Poções-Bahia, em 1944. Em 1969 transfere-se para o Rio de Janeiro onde alcançou grande sucesso de público e de crítica. Morou lá por 40 anos. Decidiu voltar as suas origens para buscar a fonte inspiradora e criativa no interior da Bahia, em Vitória da Conquista onde vive e trabalha.

Há em Habitantes da Cidade um majestoso silêncio, vindo de um longuíssimo processo de observação, que se derrama na matéria corante das peças. A quase totalidade das obras são abstratas, outras ficam entre a abstração e a figuração, quando surgem cabeças de ex-votos, dialogando com o fundo dos quadros. Mudou a cor, antes de atmosfera renascentista e agora um amplo aglomerado de cores. As fachadas de Adilson Santos variam entre as mais intuitivas e as mais configuradas. Nas intuitivas, portas e janelas se levantam em frontalidade, sem recorrer à perspectiva. São símbolos chapados, que se encontram e se revelam numa atmosfera de mistério. Na delicadeza das fachadas, por vezes, filetes de branco, separam cores, dando uma maior leveza à composição. Que símbolos são esses? São da carga atávica das lembranças da infância, das comunicações silenciosas que perpassa o inconsciente. Fachadas improváveis na vida real. As mais configuradas, são apropriações dos frontispícios das casinhas do interior, quando os pedreiros, os mestres de obras, criam seus recortes. Outra possibilidade é o acréscimo das cabeças dos ex-votos em primeiro plano, deixando as fachadas como fundo. Os ex-votos são tratados não como representação religiosa, mas como um signo que contém uma história a ser contada. Figuras de piões, em diversos ângulos de inclinação, tonteiam no campo plástico. Também triângulos de cores vivas se deslocam como adornos, entre retas e círculos.

Adilson Santos se renova, buscando novos caminhos, fugindo da comodidade do já experimentado com sucesso.


Relacionadas
Correio.play
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/lider-de-invasao-a-posto-na-santa-cruz-comanda-bocas-de-fumo-desde-os-13-anos/
Caíque Cerqueira, hoje com 19, também é suspeito de homicídios
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/video-mostra-acao-de-atirador-que-matou-4-em-igreja-em-sp-veja/
Ele entrou na igreja em Campinas durante missa, matou quatro e se suicidou
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/nove-artistas-vao-se-apresentar-pela-1a-vez-no-festival-da-virada-confira/
MPB, sertanejo, pagode, axé e funk vão agitar o público nos cinco dias de festa
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/uma-grande-covardia-diz-tia-de-pm-morto-esfaqueado-em-ondina/
Corpo de Jailton Souza de Araújo, 50 anos, foi enterrado na manhã desta terça (11)
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/testemunhas-do-caso-tatiane-spitzner-comecam-a-ser-ouvidas-nesta-terca/
Vítima foi encontrada morta em 22 de julho; seu marido, Luis Felipe Manvailer, é suspeito do crime
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/dor-de-cabeca-diagnosticos-e-tratamentos/
Mais de 95% das pessoas em algum momento da vida tiveram, têm ou terão uma cefaleia, de acordo com a Sociedade Brasileira de Cefaleia
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/mae-de-suspeito-que-fez-16-refens-diz-que-nao-tem-culpa-eu-fiz-de-tudo/
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/chuvas-matam-4-pessoas-e-causam-estragos-na-bahia-20-cidades-declaram-emergencia/