Obra em rede de esgoto na Avenida Paulo VI deixa trânsito lento

salvador
23.01.2020, 10:20:26
Atualizado: 23.01.2020, 10:27:42
(Marina Silva/CORREIO)

Obra em rede de esgoto na Avenida Paulo VI deixa trânsito lento

Após chuvas, vias foram interditadas para reparos em tubulação

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

A manhã de quinta-feira (23) começou com trânsito lento na Avenida Paulo VI, na Pituba, devido a um rompimento de uma rede de esgoto próximo ao Colégio Militar. Funcionários da Empresa Baiana de Águas e Saneamento (Embasa) iniciaram o reparo da tubulação ainda na quarta-feira (22), mas, por conta da chuva, uma cratera se formou no local. Parte da via precisou ser interditada e um congestionamento se formou pelo bairro.

Uma equipe da Superitendencia de Trânsito do Salvador (Transalvador) esteve no local para organizar o fluxo de veículos e orientar sobre o desvio pelas ruas Rubem Berta e dos Maçons. 

(Foto: Marina Silva/CORREIO)

Acompanhando a movimentação, o caseiro Renilson Carvalho, 39 anos, afirmou que o rompimento começou na madrugada de quarta-feira, mas que o reparo só foi iniciado durante a noite. "Esse buraco está aberto aí desde a madrugada de terça para quarta. As pessoas descem e vêm andando para evitar o engarrafamento. Desde que esse buraco surgiu, o trânsito ficou maluco por aqui. A Embasa só chegou de noite para consertar", contou. 

Em nota, a Embasa informa que concluiu, na madrugada de hoje os reparos em rede de esgoto na Av. Paulo VI, na Pituba, que havia sofrido rompimento ontem. O trecho da intervenção foi aterrado e coberto com solo brita.

A empresa informou ainda que o trânsito de veículos será liberado até o final o final da manhã. "A Embasa está aguardando a melhoria nas condições climáticas para concluir a repavimentação asfáltica", diz a nota divulgada pela empresa.

*com supervisão do chefe de reportagem Jorge Gauthier

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas