Oficial: Enderson Moreira é o novo técnico do Cruzeiro

esportes
18.03.2020, 18:01:00
Atualizado: 18.03.2020, 18:03:02
Enderson foi campeão da Copa São Paulo de Futebol Júnior pelo Cruzeiro em 2007 (Foto: Divulgação/Cruzeiro EC)

Oficial: Enderson Moreira é o novo técnico do Cruzeiro

Treinador deixou o Ceará e está viajando de carro para Belo Horizonte

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

A diretoria do Cruzeiro confirmou nesta quarta-feira (18) a contratação do técnico Enderson Moreira, que vai substituir Adilson Batista, demitido do cargo no domingo após a derrota da equipe para o Coimbra, em rodada do Campeonato Mineiro.

Enderson só deverá se apresentar na sexta-feira (18) porque preferiu viajar de carro até Belo Horizonte. Uma medida de precaução contra o novo coronavírus. São 2,3 mil quilômetro de Fortaleza até a capital mineira - por conta disso, o tempo de deslocamento será bem maior.

Enderson tem bom relacionamento com Ricardo Drubscky, novo diretor de futebol cruzeirense. Além do título da Copa São Paulo, os dois trabalharam juntos também no América-MG na campanha vitoriosa da Série B do Campeonato Brasileiro, em 2017.

"Satisfação enorme de poder voltar ao time que me ajudou a mudar de patamar. Estou voltando para um lugar onde tenho o maior carinho e respeito. Sei que é um momento complicado para o clube, mas acredito que eu possa contribuir para que a equipe dê uma resposta positiva em campo. Nosso objetivo é ter um time organizado e que sabe o que quer", afirmou o treinador, campeão pelo time mineiro da Copa São Paulo de Juniores, em 2007.

Enderson estava no Ceará, equipe na qual trabalhou em dez jogos, conseguindo seis vitórias e quatro empates. Ele assinou contrato até o fim do ano, com a possibilidade de prorrogação, caso o time obtenha o acesso para a Série A do Campeonato Brasileiro.

"Tenho uma grande expectativa de que vamos conseguir devolver o Cruzeiro para a elite do futebol brasileiro. Sei que muitas pessoas corretas estão ajudando o clube neste momento. Tudo isso será determinante para que possamos contribuir com essa reconstrução", afirmou Enderson, que não sabe quando irá iniciar os trabalhos por causa da pandemia do coronavírus.

No ano passado, além de treinar a equipe cearense, Enderson também comandou o Bahia mas foi demitido do tricolor após as eliminações precoces na Copa Sul-Americana e Copa do Nordeste

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas