Oficina gratuita de animação acontece em Salvador neste fim de semana

variedades
04.12.2015, 23:37:00
Atualizado: 04.12.2015, 23:39:21

Oficina gratuita de animação acontece em Salvador neste fim de semana

A oficina é direcionada a jovens a partir de 16 anos

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Neste final de semana acontece em Salvador a oficina gratuita de animação em stop motion. A oficina que é direcionada para jovens a partir de 16 anos ocorrerá entre 10 e 16 horas dos dias 05 e 06 de dezembro, no instituto Mídia Étnica, localizado na Rua Areal de Baixo, número 06, bairro Dois de Julho.

A oficina será ministrada por Jamile Coelho e Cintia Maria, diretoras do filme Órun Àiyé: a Criação do Mundo, premiado recentemente no Festival Internacional Brasil Stop Motion em Recife, na categoria Novos Talentos da 5ª edição do Festival. Diretores renomados de todo o mundo, a exemplo de Adam Elliot (Mary e Max – Uma Amizade Diferente), também participaram do festival.

(Foto: Divulgação)

A atividade faz parte da programação do Núcleo Baiano de Stop Motion (NUBAS) em parceria com o Instituto Mídia Étnica e Estandarte Produções, e contrapartida da formação do Coletivo Tarja Preta no Edital de Intercâmbio 2015, realizado pelo Ministério da Cultura por meio da Secretaria de Fomento e Incentivo à Cultura (Sefic).

A ação visa a formação de jovens negros na área audiovisual. “Esta é uma ação do Núcleo Baiano de Animação Stop Motion, voltado para a formação de jovens  animadores para suprir o mercado em franca expansão na Bahia e no Brasil”, afirma Jamile Coelho.

“Com o NUBAS nós queremos que estes jovens se identifiquem com o stop motion e possam criar suas animações, contando suas histórias, seus legados culturais. Faremos oficinas em Terreiros, envolvendo mais jovens e crianças, de diferentes nações religiosas, de modo a difundir esta técnica de animação e fortalecer suas histórias”, frisa Cintia Maria.

A oficina abordará todas as etapas de produção de uma animação em stop motion, entre outros tópicos: análise e criação de roteiro, realização de story board, produção, animação de objetos e edição de imagem e som. Durante as atividades os participantes produzirão um curta-metragem. Para os interessados em participar da oficina, as inscrições serão feitas online através de formulário no site do filme

Sobre o filme

O mito da criação do universo será contado pela técnica do stop motion no curta ÒRUN ÀIYÉ, uma realização da Estandarte Produções, produtora baiana que reuniu um time de renomados profissionais para dar vida à animação inédita,  produzida em Salvador e Camaçari.

O curta traz a trajetória de Oxalá para cumprir sua missão junto a outras divindades, em uma envolvente narração de 12 minutos, carregada de simbolismos da cultura afro-brasileira. A animação é inclusiva e, por meio de recursos como audiodescrição, subtitulação e janela de Libras, estará disponível para o público surdo e cego, além de estar em mais seis línguas – português, inglês, francês, espanhol, yorubá e Língua Brasileira de Sinais.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas