Onde os chefs de Salvador comem nas horas vagas

entretenimento
12.11.2017, 20:15:00
(Foto: Arquivo CORREIO)

Onde os chefs de Salvador comem nas horas vagas

Nomes renomados de Salvador contam onde matam a fome no tempo de folga

Você tem fome de quê? Foi pensando nisso que a coluna entrevistou alguns dos chefs mais famosos de Salvador e, com total desenvoltura, eles apontaram onde comem nas horas vagas. Confere a lista e salva em seu bloco de notas – a relação é sempre uma boa pedida para quem, como a gente, vive na dúvida na hora de escolher onde ir almoçar ou jantar.

Dudu Prado,  Lafayete 

Boucherie – Boutique de Carnes: “Eles têm, literalmente, as melhores carnes do mercado. Não é por ser meu amigo, mas Gabriel Rodrigues [chef da Boucherie] é a pessoa que mais entende quando o assunto é carne. Comi ali o melhor Short Rib da minha vida e sempre volto a ser feliz comendo por lá”. Rua Rubens Guelli, 135 - Loja 118, Itaigara, Salvador

(Foto: ArquivO)

Fabrício Lemos, Origem 

Al Mare: “Gosto de comida com gosto de comida. Não dispenso uma moqueca do Al Mare aos domingos”. Avenida Tancredo Neves, 3133, Caminho das Árvores, Salvador

(Foto: Arquivo)

Edinho Engel, Amado 

Pasta em Casa: “O galeto do Pasta em Casa tem um tempero fabuloso, é um dos melhores do Brasil”. Rua Professora Almerinda Dultra, 67, Rio Vermelho, Salvador

(Foto: Divulgação)

Rosa Guerra, Larriquerrí 

Bar do Zé, Mouraria: “Gosto de comer lambreta no Bar do Zé, na Mouraria. É um ambiente que me traz boas recordações, pois morei lá durante minha infância, tem um clima familiar”.

Angelucci Figueiredo,  Preta 

Casa Viere: “Minha maior paixão é pizza. Gosto de comer na Casa Viere, uma varanda a céu aberto do italiano Humberto, porque lá é um lugar mágico, tudo muito simples, artesanal, simplesmente a melhor pizza da cidade”. Rua Manoel Barreto, 4, Graça, Salvador.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas