Padre pede em missa 'Palmeiras campeão da Libertadores e Mundial'

esportes
26.10.2021, 17:30:00
Padre Tiago Pedroso Romancini durante a missa (Paróquia Nossa Senhora da Piedade/Reprodução)

Padre pede em missa 'Palmeiras campeão da Libertadores e Mundial'

Torcedor do Verdão, sacerdote viralizou nas redes sociais com pedido inusitado; vídeo

O padre Tiago Pedroso Romancini, da Paróquia Nossa Senhora da Piedade, em Altinópolis, no interior de São Paulo, viralizou nas redes sociais após fazer um pedido inusitado durante uma missa. Torcedor do Palmeiras, ele pediu os títulos da Libertadores e do Mundial de Clubes para o Verdão.

O caso aconteceu no último domingo (24), e teve transmissão ao vivo nas redes sociais. Perto do fim da missa, o padre fez uma analogia com o time do coração para falar de uma passagem bíblica, sobre um cego curado por Jesus Cristo que disse “para que eu veja”.

"Tem muito palmeirense na missa hoje? Estou vendo alguns... Vou fazer um pedido bem bonito para Jesus agora, até para explicar o evangelho de hoje. Vou dizer assim: Senhor, que eu veja em novembro o Palmeiras campeão da Libertadores e, depois, do Mundial, porque em 1951 eu ainda não era nascido, então não vi. Peço para ver agora", disse o padre.

"Olha que pedido bonito para Jesus. Agora só falta concretizar, o mais difícil", acrescentou.

Em entrevista ao site ge, Tiago Pedroso Romancini explicou que a ideia era fazer com que as pessoas entendessem melhor a mensagem proferida na missa.

"A leitura era Jesus fazendo a cura de um cego, que se manifesta dizendo: “que eu veja”. Fui explicando dizendo que a gente possa ver as coisas boas que temos, família, trabalho, vida, mesmo neste contexto de negatividade. Eu gosto de futebol, aproveitei que está num contexto que as pessoas possam estar nesta expectativa", afirmou.

O Palmeiras decide a final da Libertadores contra o Flamengo, no dia 27 de novembro, em Montevidéu, no Uruguai. O vencedor irá disputar o Mundial de Clubes, entre 9 e 19 de dezembro, em Abu Dhabi, no Emirados Árabes Unidos.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas