Palmeiras deve ter mudanças para enfrentar o Al Ahly pelo Mundial

esportes
10.02.2021, 15:37:00
Luiz Adriano durante o treino do Palmeiras nesta quarta-feira (10) (Foto: Cesar Greco/SE Palmeiras)

Palmeiras deve ter mudanças para enfrentar o Al Ahly pelo Mundial

Segundo técnico Abel Ferreira, equipe pode ter 'uma ou duas trocas em cada setor'

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

O técnico Abel Ferreira, do Palmeiras, indicou nesta quarta-feira (10) que o time deve ter mudanças para enfrentar o Al Ahly, do Egito, na disputa pelo terceiro lugar do Mundial de Clubes da Fifa. Segundo o treinador português, na partida desta quinta-feira (11), em Doha, a formação deve ter duas mudanças em comparação à utilizada na semifinal do último domingo (7) por causa do desgaste dos jogadores.

O Palmeiras perdeu por 1x0 para o Tigres, do México, e se despede do Mundial para retornar ao Brasil e ter uma sequência de jogos pelo Campeonato Brasileiro. "Tivemos nove jogos em dezembro, 10 em janeiro, 10 em fevereiro, portanto nestes jogos eu acho que raras as vezes eu repeti o mesmo time. Para mim, a constância é a mudança. Portanto, seguramente podemos esperar (mudanças), não muitas trocas, pode ser uma ou duas em cada setor, é o que temos feito até aqui", disse o treinador.

A partida contra o time egípcio será no mesmo estádio da semifinal, o Education City. Abel Ferreira não revelou as possíveis mudanças, mas adotou a ironia para lamentar o quanto o time tem enfrentado uma maratona enorme de partidas. "Desde que cheguei, estamos jogando o que fiz em dois anos de competição em Portugal", comparou. Contratado em novembro, o português não teve uma semana cheia para treinar.

O treinador descartou estar abatido pela derrota na semifinal diante do Tigres e disse que estudou bastante o time egípcio, que na última segunda-feira perdeu por 2 a 0 para o Bayern de Munique. "Amanhã (quinta) são times que se equivalem, com futebol propositivo, o Al-Ahly tentou ter a bola para atacar o Bayern (pela semifinal) e amanhã será um jogo de mais equilíbrio das duas equipes", disse o português.

O jogo entre Palmeiras e Al Ahly, do Egito, começa às 12 horas (de Brasília). O time alviverde retorna ao Brasil logo depois e já no domingo tem compromisso pelo Campeonato Brasileiro diante do Fortaleza, no estádio Allianz Parque, em São Paulo, pela 36.ª rodada. Ainda no final deste mês o clube encara o Grêmio pela final da Copa do Brasil.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas