Pan American suspende parcialmente aulas presenciais após professor pegar covid

salvador
08.05.2021, 15:18:02
Atualizado: 08.05.2021, 16:26:25
(Foto: Divulgação)

Pan American suspende parcialmente aulas presenciais após professor pegar covid

Escola nega surto no campus

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

A Pan American School of Bahia suspendeu as aulas presenciais da turma 'year 5C', equivalente ao 5º ano do ensino fundamental, após um professor testar positivo para covid-19 no último dia 4 de maio.

Em comunicado enviado aos pais, a escola informou que o professor se ausentou das atividades após o diagnóstico.

A instituição também recomendou que todos os alunos da turma devem permanecer em isolamento por 10 dias ou realizar um teste PCR entre os dias 8 e 9 de maio para detectar a possível infecção.

Em nota enviada ao CORREIO através de sua assessoria de imprensa, a Pan American School of Bahia garantiu que "os procedimentos seguem todas as recomendações determinadas pela Prefeitura de Salvador, e foram também atualizados e aprovados pelo professor Dr. Carlos Brites, médico infectologista e pesquisador da Universidade Federal da Bahia (UFBA), que está assessorando a nossa equipe."

A escola também informa que todos os funcionários que tiveram contato com o professor infectado testaram negativamente. "Não há nenhuma evidência de contaminação no campus", garante a instituição.

Em matéria publicada no último dia 7, o CORREIO mostrou que duas escolas -- Tempo de Criança, na Pituba, e  Clubinho das Letras, em Ondina -- suspenderam parte das aulas presenciais após suspeitas de casos na comunidade. 

Leia a nota completa da Pan American School of Bahia

Desde meados de 2020, a Pan American School of Bahia (PASB) vem compartilhando com pais e professores de nossa comunidade o Plano de Reabertura do Campus, que detalha os protocolos para uma volta híbrida e segura às salas de aula. Os procedimentos seguem todas as recomendações determinadas pela Prefeitura de Salvador, e foram também atualizados e aprovados pelo professor Dr. Carlos Brites, médico infectologista e pesquisador da Universidade Federal da Bahia (UFBA), que está assessorando a nossa equipe. 

Desde a reabertura do campus, o protocolo tem saído a contento, com os envolvidos desempenhando seus papéis de forma exemplar, contribuindo para a segurança de toda a comunidade PASB. Em 4 de maio, um dos membros da equipe docente testou positivo para a COVID e, desde então, todos os nossos colaboradores que tiveram contato com ele foram testados e estamos seguindo estritamente os protocolos desenvolvidos em conjunto com o Dr. Brites. Não há nenhuma evidência de contaminação no campus. 

A transparência na comunicação é um pilar da nossa escola neste momento tão desafiador e seguiremos acatando de perto a orientação de nossa assessoria médica, e dos poderes públicos, sempre visando o bem-estar de todos os membros da PASB. 

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas