Panini lançará álbum de figurinhas A História do Futebol Baiano

esportes
30.10.2019, 12:05:00
Atualizado: 30.10.2019, 17:13:23
(Divulgação)

Panini lançará álbum de figurinhas A História do Futebol Baiano

Livro ilustrado chega sexta-feira (1º) nas bancas

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

A Panini lançará na sexta-feira (1º) o álbum de figurinhas oficial A História do Futebol Baiano, com craques locais que fizeram sucesso no esporte mais popular do mundo. Parceiro da iniciativa, o CORREIO fará uma promoção para o leitor, que, na compra do jornal, ganhará oito figurinhas, sendo quatro sortidas e quatro que retratam capas históricas do periódico. A ação será dividida em duas datas: metade das figurinhas no dia do lançamento nas bancas e a outra metade na sexta-feira seguinte, 8 de novembro.

Foi no ano de 1901 que o jovem José Ferreira Júnior, também conhecido como Zuza, improvisou um campo de futebol no Campo da Pólvora, então denominado Campo dos Mártires. O sucesso do “football” na Europa o inspirou a trazer a brincadeira para o país e a convidar um grupo de amigos para jogar com a bola de couro no terreno que se tornou o primeiro campo da Bahia.

Os mais de 100 anos de vida do futebol no estado vão do primeiro baba local até a grandiosidade da Arena Fonte Nova, palco de jogos da Copa do Mundo de 2014 e onde grandes personalidades fizeram história, parte dela vivida em conquistas e clássicos Ba-Vis inesquecíveis. O Campeonato Baiano, disputado desde 1905, é o segundo mais antigo do país - o Paulista começou em 1902.

No álbum, o futebol terá sua trajetória contada ao longo de 64 páginas, com seções sobre os primeiros campeões; a hegemonia do Ypiranga na primeira metade do século XX; o primeiro tricampeonato, conquistado pelo Galícia em 1941-1943; o predomínio do Bahia, maior campeão estadual com 48 troféus, incluindo a façanha do heptacampeonato de 1973-1979; o surgimento do Vitória e seu crescimento no final do século passado; além dos títulos e finais nacionais da dupla Ba-Vi; dos jogadores convocados para a Seleção Brasileira e também da seleção dos sonhos do futebol baiano, entre outros destaques.

O livro ilustrado, disponível nas versões capa dura e capa cartão, terá 300 cromos, sendo 30 especiais em tecido com os escudos dos clubes das séries A e B do Baianão e dos jogadores que marcaram época, e 150 metalizados (100 deles em formato grande).

O álbum será encontrado em bancas de jornal, redes varejistas e no site www.lojapanini.com.br, ao preço de R$ 8,90. O envelope com cinco cromos custará R$ 2.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas