Patrulha Digital vai tirar dúvidas da população sobre o sinal digital da TV

entretenimento
10.08.2017, 19:41:00
Atualizado: 10.08.2017, 20:03:51
André Dias, Patrícia Abreu, Antonio Carlos Júnior, Renata Correia, João Gomes e Luís Breda Mascarenhas (Foto: Betto Jr./CORREIO)

Patrulha Digital vai tirar dúvidas da população sobre o sinal digital da TV

A ação de conscientização e esclarecimento de dúvidas acontecerá em seis bairros até o dia 27 de setembro; veja se você tem direito ao conversor digital

Quem mora nas comunidades periféricas de Salvador e de 29 municípios do Estado terá mais uma a chance de tirar dúvidas sobre a conversão do sinal analógico de televisão para o digital pela TV Bahia. É que foi assinada, nesta quinta-feira (10), na Rede Bahia, o Termo de Cooperação Técnica que oficializa a realização da Patrulha Digital. 

A ação de conscientização e esclarecimento de dúvidas acontecerá em seis bairros – ainda não definidos -, até o dia 27 de setembro, quando o sinal analógico será desligado. “Uma equipe de multiplicadores, formada por 30 alunos do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai-BA), irá orientar a população nas comunidades em relação a conversão e, eventualmente, realizar a ativação de aparelhos. Porque tem gente que tem o kit digital, mas utiliza a televisão no modo analógico”, explica André Dias, diretor de projetos especiais da TV Globo. Ele também representa a Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e Televisão (Abert), idealizadora da campanha - realizada em parceria com o Senai e com a Seja Digital - que tem o apoio da Rede Bahia. 

Segundo Dias, depois do desligamento do sinal analógico, a única resolução disponível de imagem será a da transmissão digital - de 1.280 x 720 linhas de pixels, contra 704 x 480 da analógica. Isso garante uma imagem muito mais nítida. “A mudança representa melhor qualidade de som, de imagem e é de graça”, complementa. O sinal digital vai possibilitar ainda inúmeras ferramentas de inclusão como o closed caption (legendas) em todos os canais; audiodescrição, que é participação de um narrador descrevendo o contexto da cena, especialmente para pessoas com deficiência visual.

O presidente da Rede Bahia Antonio Carlos Júnior e a diretora e acionista do CORREIO Renata Correia marcaram presença na oficialização do termo
(Foto: Betto Jr./CORREIO)

O presidente da Rede Bahia Antonio Carlos Júnior destacou que a Patrulha Digital significa um marco para a televisão. “É mais um passo da Rede Bahia e das instituições parceiras rumo à digitalização. Assim, poderemos consolidar essa mudança”, diz. 

Além do serviço prestado à população e da aproximação do Senai com a comunidade, o diretor regional do Senai-BA Luís Breda Mascarenhas considera que a ação será muito proveitosa para a instituição. “Nós cuidaremos da parte técnica. Vamos capacitar nossos alunos, que também vão aprender e colocar em prática o que aprendem nos cursos técnicos”, pontua. Os 30 jovens serão selecionados internamente e, segundo ele, terão grandes chances de inserção no mercado de trabalho com a ação.

“Estamos falando de um projeto feito por pessoas e para pessoas. A nossa grande missão é nos aproximar das comunidades, principalmente das mais carentes, para que continuem tendo acesso à televisão gratuita”, fala Patrícia Abreu, diretora de comunicação da Seja Digital, organização responsável por operacionalizar a migração do sinal analógico para o digital no Brasil. 

Patrícia Abreu afirma que a mudança é importante para que as pessoas continuem tendo acesso à TV
(Foto: Betto Jr./CORREIO)

Durante a assinatura do termo na Rede Bahia, também marcou presença a diretora e acionista do CORREIO, Renata Correia. Ela destacou o esforço do veículo para ajudar os baianos com a mudança. “O trabalho do jornalismo é muito importante para conscientizar a população”, disse. 

O diretor executivo de televisão da Rede Bahia, João Gomes, ressaltou o esforço que a empresa tem feito para divulgar a mudança. “Estão sendo feitas uma série de ações, incluindo o Conexão Digital, show na Concha Acústica que contou com a participação de diversos artistas de renome”, destaca. O espetáculo - com artistas como Márcio Victor, Daniela Mercury, Margareth Menezes e Saulo – foi transformado em programa e será exibido no próximo dia 26 na programação da TV Bahia.

Como receber o sinal digital?
Os espectadores que ainda não sabem como receber o sinal digital devem entrar em contato gratuitamente com a Seja Digital pelo telefone 147 para tirar suas dúvidas. O serviço funciona 24 horas por dia e a consulta pode ser feita também pelo site www.sejadigital.com.br.

A Seja Digital já distribuiu, na Região Metropolitana de Salvador, 400 mil kits gratuitos para conversão de sinal analógico em digital. Cerca de 130 mil beneficiários ativos de programas sociais do governo federal - como Bolsa Família e Minha Casa Minha Vida, Pronatec, entre outros - ainda não pegaram e têm direito a esses kits. 

Para confirmar se tem direito à gratuidade, o interessado deve fornecer, na central de atendimento da Seja Digital, o número de seu NIS (Número de Inscrição Social). Após o desligamento do sinal analógico, os beneficiários terão ainda cerca de 45 dias para pegar os kits digitais. 

Quem não for beneficiário de programas sociais pode comprar o equipamento em lojas, por preços que variam de R$ 150 a R$ 180. 

Quem precisa do conversor?
Todos os aparelhos de TV “de tubo” precisam de conversor. Já os proprietários de TV de tela plana devem consultar o manual do aparelho para saber se já é equipado com conversor. Normalmente, aqueles fabricados até 2010 não possuem o conversor, enquanto os produzidos a partir de 2011 já o possuem e necessitam apenas de uma antena.

Depois de Salvador, o sinal analógico deverá ser desligado nas cidades de Feira de Santana, Vitória da Conquista e Juazeiro, até dezembro de 2018. As demais cidades ficarão com os dois sinais até o desligamento completo, em 2023. 

Com seis emissoras afiliadas à Rede Globo - além da TV Bahia, a TV Oeste (Barreiras), TV Santa Cruz (Itabuna), TV São Francisco (Juazeiro), TV Subaé (Feira de Santana) e TV Sudoeste (Vitória da Conquista) - a Rede Bahia é a maior rede de televisão do Norte e Nordeste e uma das maiores do país, com cobertura de todo o estado.

No ano passado, a TV Bahia foi mais uma vez campeã de audiência no estado, liderando com 91%. Cultura, entretenimento, arte, moda e música tiveram lugar garantido na programação. Outros destaques do ano foram as coberturas esportiva - que incluiu o Campeonato Baiano, a Copa do Nordeste e a Olimpíada - e política, com as eleições.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas