Pepê, do Cuiabá, causa polêmica com frase homofóbica: 'Leva à condenação'

esportes
22.10.2021, 19:44:00
Atualizado: 22.10.2021, 19:44:21
Pepê recebeu críticas após dizer que homossexualidade é pecado (AssCom Dourado)

Pepê, do Cuiabá, causa polêmica com frase homofóbica: 'Leva à condenação'

Pepê causou revolta por declarações nas redes sociais sobre homossexualidade

O volante Pepê, ex-Flamengo e que atualmente no Cuiabá, causou polêmica nas redes sociais. O jogador respondia a uma série de perguntas em seu Instagram, quando recebeu a questão: "o que acha sobre homossexualidade?". O atleta de 23 anos afirmou que "é pecado".

"Leva à condenação como qualquer outro pecado se não houver arrependimento", escreveu Pepê em uma das respostas. 

Pouco depois, outro seguidor disse que achava "injusto condenar os homossexuais, já que Deus ama a todos". O jogador se manifestou mais uma vez, e voltou a defender o pensamento.

"Concordo que Deus é amor, mas a generalização disso nessa geração tem levado muitos ao caminho errado. Amar é falar a verdade! Não julguei, nem condenei, apenas expus conhecimento que o senhor me deu pela Sua palavra, que é a Bíblia, meu manual de fé. A homossexualidade é pecado da mesma forma que adulterar ou até mesmo odiar o seu irmão também é. Pecado é pecado, e ele jamais trará vida", publicou.

Respostas de Pepê aos seguidores
(Foto: Reprodução)

As declarações de Pepê geraram revolta entre os internautas, que criticaram o teor homofóbico das respostas. Ex-Flamengo, o volante foi contratado pelo Cuiabá no início desta temporada, com vínculo de três anos. 

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas