Pesista Jaqueline Ferreira fica em 4º no grupo e fora do pódio

esportes
02.08.2021, 10:19:00
Atualizado: 02.08.2021, 10:20:28
Brasileira Jaqueline Ferreira não entra na briga por medalha em Tóquio (WANDER ROBERTO/COB)

Pesista Jaqueline Ferreira fica em 4º no grupo e fora do pódio

Dia histórico contou com a estreia da atleta trans Laurel Hubbard na modalidade

Em dia história no levantamento de peso na Olimpíada de Tóquio, a brasileira Jaqueline Ferreira não conseguiu entrar na briga por medalha. A experiente atleta, em sua terceira edição dos Jogos, ficou em quarto lugar em seu grupo nesta segunda-feira (2), pelo horário local. O dia contou com a estreia da atleta trans Laurel Hubbard na modalidade.

Competindo pela categoria até 87kg, Jaqueline levantou 100kg no arranco e 115kg no arremesso, totalizando 215kg. Ela começou a sua série tentando 95kg, sem sucesso. Na segunda tentativa alcançou este peso. E, em seguida, foi para 100kg no arranco. Na sequência, no arremesso, falhou em duas tentativas de levantar 124kg.

A brasileira de 34 anos ficou na quarta posição no Grupo B. A primeira posição coube à sul-coreana Yeounhee Kang, com 231kg no total. Jaqueline só conhecerá sua posição final quando for disputado o Grupo A, ainda nesta madrugada.

De qualquer maneira, ela detém o melhor resultado do levantamento de peso brasileiro em Olimpíadas. Foi quinta colocada nos Jogos de Londres-2012, posição igualada por Fernando Reis e Rosane Santos no Rio-2016.

Com a disputa desta segunda, o Brasil se despede da modalidade no Japão. Antes de Jaqueline, Nathasha Rosa também ficou longe do pódio na categoria até 49kg. Fernando Reis estava classificado para competir na capital japonesa, mas um teste antidoping o tirou da disputa às vésperas dos Jogos.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas