Pesquisadora baiana fala em Harvard sobre Pedra de Xangô

salvador
03.10.2019, 10:12:00
Atualizado: 03.10.2019, 10:17:43
(Foto: Marina Silva/Arquivo CORREIO)

Pesquisadora baiana fala em Harvard sobre Pedra de Xangô

Localizado em Cajazeiras, o monumento é considerado sagrado pelo Candomblé

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.


Nesta quinta-feira (03), a pesquisadora baiana Maria Alice Silva sobe ao palco do colóquio e exposição Sacred Groves and Secret Parks, na Universidade de Harvard, nos Estados Unidos, para falar sobre a Pedra de Xangô. Das 14h às 16h ela participa, junto com outras autoridades e pesquisadores de vários países, do painel “Casos em conservação: bosques sagrados, santuários e paisagens de devoção de orixás na África Ocidental e na América Latina”.

O painel irá abordar as necessidades futuras dos bosques sagrados à luz das pressões para o redesenvolvimento e conta com a participação de autoridades como a embaixadora cultural do Alaafin de Oyo na Nigéria - Paula Cristina Gomes e Dominique Juhé-Beaulaton do Museu Nacional de História Natural de Paris.

Os palestrantes compartilharão conhecimentos sobre a materialidade, conservação, design e formas espaciais manifestadas nas paisagens de devoção do orixá no Brasil e na Nigéria. O colóquio irá traçar ainda um novo território nos estudos espaciais e materiais de bosques, particularmente aqueles conhecidos na Nigéria como santuários e no Brasil como terreiros.

A doutoranda Maria Alice Silva, que integra o Grupo de Pesquisas EtniCidades da Faculdade de Arquitetura da UFBA, irá falar sobre o Parque em Rede Pedra de Xangô, localizado no bairro de Cajazeiras. O monumento, uma formação rochosa de 8m de altura e aproximadamente 30m de diâmetro, é considerado sagrado pelo Candomblé, mas estava esquecido pela cidade até a pesquisa de mestrado de Maria Alice, que trouxe à tona a história e o valor dele para a comunidade.

Recentemente, a doutoranda publicou o livro sobre a pesquisa: “Pedra de Xangô: um lugar sagrado afro-brasileiro na cidade de Salvador”. Além de analisar a importância da Pedra de Xangô enquanto elemento cultural para os terreiros de Cajazeiras, bem como para cultura afro-brasileira, o estudo também investiga a utilização da Pedra em festas públicas, dentro do calendário litúrgico dos terreiros e no cotidiano das religiões de matriz afro-brasileira.

A dissertação subsidiou a criação da Apa Municipal Assis Valente e o Parque em Rede Pedra de Xangô, no Plano Diretor de Desenvolvimento Urbano de 2016, bem como a instrução do processo de tombamento da Pedra de Xangô junto à Fundação Gregório de Mattos.

“Para mim é uma grande alegria poder levar para um evento que tem alcance mundial, a nossa Pedra de Xangô. Isso só comprova sua importância, que agora ganha uma ampliação muito maior: vamos chamar a atenção do mundo para o nosso monumento, que se encontrava ameaçado pelo descaso do poder público e que agora começa a receber a atenção que merece”, reflete Maria Alice Silva.
 

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas
Correio.play
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/gari-tem-moto-furtada-logo-apos-saber-da-morte-da-mae-nao-faz-isso-comigo/
André Araújo gravou vídeo emocionado pedindo devolução de veículo que usa para complementar renda; assista
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/lei-aldir-blanc-pagamento-de-renda-mensal-deve-ficar-a-cargo-dos-estados/
Já os subsídios previstos para os espaços devem ser administrados pelos municípios; verba é federal
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/banda-baiana-flores-do-mal-esta-de-volta-30-anos-depois/
Grupo que marcou o cenário do rock baiano nos anos 1980 retorna com seis canções inéditas e formação original
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/ex-bbb-daniel-lenhardt-revela-que-so-fez-sexo-com-4-pessoas-inexperiente/
Ator também falou sobre primeira vez e sobre uma traição
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/confirmado-policia-anuncia-que-corpo-encontrado-boiando-e-de-naya-rivera/
'Ela reuniu energia suficiente para colocar seu filho no barco, mas não o suficiente para se salvar', disse xerife sobre a morte da atriz
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/adriano-imperador-fura-quarentena-para-curtir-baile-funk-no-rio-veja-video/
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/corpo-de-naya-rivera-e-encontrado-exatos-sete-anos-apos-morte-de-cory-monteith/
Fãs relembraram coincidência trágica; série Glee ainda teve morte de terceiro ator
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/aves-se-aglomeram-em-tela-de-apartamento-apos-retirada-de-arvores-em-ilheus/
Vídeo de morador flagrou cena; prefeitura diz que outras árvores serão plantadas
Ler Mais