'Poderia ter desistido, mas não desisti', diz Paula Lima sobre racismo na carreira

entretenimento
18.09.2020, 20:51:00
Atualizado: 18.09.2020, 21:13:57
(Foto: Reprodução)

'Poderia ter desistido, mas não desisti', diz Paula Lima sobre racismo na carreira

Cantora participou do Conexões Negras apresentado por Midiã Noelle

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Uma conversa saborosa entre duas amigas. Assim foi a segunda live entre a cantora Paula Lima e a jornalista Midiã Noele dentro do projeto Conexões Negras transmitido toda sexta-feira pelo instagram do CORREIO. Uma das artistas mais importante da música brasileira, vencedora de vários prêmios, Paula também é conhecida e respeitada pela sua militância pelas causas negras com opiniões firmes e marcantes.

Leia também: 'A referência te faz acreditar que é possível', diz cantora Paula Lima

Durante o bate papo Paula falou da participação em programas populares como Ídolos quando ficou conhecida por ser muito dura e dizer sempre não. Até que encontrou um dia com Jorge Benjor e depois de uma conversa ela resolveu levar na brincadeira até mesmo o não.

Mesmo sendo uma artista vitoriosa, ela reconhece que enfrentou momentos difíceis e chegou a ter seu trabalho recusado numa gravadora por outra cantora branca que ela não revelou o nome; “Soube por amiga minha que trabalhava nessa empresa porque elA estava revoltada por ter escutado  um diretor falar que não iria investir no meu trabalho porque não saberia como explicar ter duas artistas negras no mercado. Isso atrasou cinco anos minha carreira. Eu poderia ter desistido mas não desisti”.

A cantora também reconheceu que hoje se sente uma sobrevivente pois quando começou misturando música brasileira com música americana era numa época que pouca gente fazia isso. Paula revelou ainda que tem orgulho em saber que é referência para as mulheres negras; confessou que está com saudades de fazer shows e revelou que está preparando um novo projeto. Se você perdeu a live assista abaixo:


ANOTE NA AGENDA

O programa Conexões Negras com Midiã Noelle acontece todas às sextas-feiras, às 18h, no Instagram @correio24horas. A próxima live será com Nazaré Mota de Lima, professora da Uneb, doutora em Letras e Linguística pela Ufba, que falará sobre educação para a promoção da igualdade racial. Não perca.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas