Policiais militares passam mal durante formatura na Vila Militar

bahia
14.07.2021, 16:01:00
Atualizado: 14.07.2021, 16:19:44
Policial feminina (à dir.) pouco antes de se sentir mal (Foto: Nara Gentil/ CORREIO)

Policiais militares passam mal durante formatura na Vila Militar

Mal estar teria sido provocado pelo sol forte durante cerimônia

Durante a apresentação da 1ª turma do Curso de Formação de Tenentes Auxiliares da PM, na Vila Militar do Dendezeiros, em Salvador, nesta quarta-feira (14), três formandos passaram mal e precisaram de atendimento médico. Eles estavam em pé, em formação militar, havia quase 1h, embaixo do sol, e fardados com meias, luvas, quepe, além do restante da vestimenta.

A primeira vítima foi uma policial que estava na primeira fileira. Ela foi amparada pelos colegas e levada para receber atendimento médico em uma ambulância que estava no local. Alguns minutos depois um formando que estava na penúltima fileira da esquerda perdeu o equilíbrio e caiu. O incidente aconteceu durante a fala do governador. Rui Costa interrompeu o discurso até que o homem fosse socorrido.

Pouco antes da cerimônia encerrar outro homem também se sentiu mal e deixou as fileiras amparado por outros policiais. Apesar do susto a assessoria da Polícia Militar informou que todos passam bem.

A 1ª turma do Curso de Formação de Tenentes Auxiliares da PM teve 102 alunos, sendo sete mulheres, e concluiu a capacitação depois de seis meses de treinamento. Todos são militares de carreira que aguardavam há anos pela promoção para se tornar oficial. O edital para abertura de uma nova turma, com mais 100 vagas, será publicado ainda essa semana.

O grupo se apresentou para o governador Rui Costa e para o comandante geral da PM, Paulo Coutinho, além de outras autoridades militares. Por conta da pandemia as famílias não puderam assistir à cerimônia.


***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas