Prefeito de São Paulo faz acordo com taxistas para que denunciem pichadores

brasil
29.01.2017, 15:57:00
Atualizado: 29.01.2017, 16:10:23

Prefeito de São Paulo faz acordo com taxistas para que denunciem pichadores

Multa para quem for flagrado pichando nas ruas de São Paulo foi atualizada para R$ 5 mil

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

O prefeito João Doria (PSDB) firmou uma parceria com taxistas para que denunciem pichadores e divulgou o valor da multa que poderá ser paga por quem for flagrado pichando monumentos, prédios públicos e particulares: R$ 5 mil - que será dobrado em caso de reincidência do infrator.

Um projeto nesse sentido deverá ser votado na próxima semana, com o retorno dos trabalhos na Câmara Municipal. “Assinamos um acordo com o Sindicato dos Taxistas. A partir de 1.º de fevereiro serão 38 mil que poderão acionar a Guarda Civil Metropolitana (pelo 153), dia e noite, quando verem nas ruas alguém pichando muros, casas ou monumentos”, disse Doria. O projeto foi chamado de “Guardiões da Cidade”.

Estátua do Apóstolo Paulo, no Centro, foi pichada na quarta, 25 (Foto: Rovena Rosa/Agência Brasil)


Nesta semana, a Prefeitura de São Paulo multou em R$ 767,53, com base na Lei nº 13.478/2002, o jornalista Pedro do Amaral Souza, que pichou a estátua do apóstolo Paulo na Praça da Sé, na quarta. Na sexta, a Prefeitura já havia anunciado que entraria com ações civis públicas na Justiça contra as pessoas presas em flagrante neste mês por pichar prédios e monumentos públicos na capital paulista. O objetivo será o ressarcimento dos danos causados.

Prisões
Só ontem foram detidos pelo menos 12 pichadores na cidade. Por volta de 1 hora deste sábado, a GCM prendeu em flagrante seis pessoas por pichação a um edifício na esquina das Avenidas São João e Duque de Caxias. Todos foram conduzidos ao 2.°DP. Por volta de 6 horas, equipes da Guarda Civil, com apoio da Rocam, da Polícia Militar, apreenderam em flagrante seis menores de idade pichando estabelecimentos comerciais na Rua Estela, na Vila Mariana, zona sul da capital. Todos foram conduzidos ao 27.º DP.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas