Prefeitura de Porto Seguro suspende a obrigatoriedade do uso de máscaras

bahia
02.11.2021, 09:30:00
(Foto: Setur/Divulgação)

Prefeitura de Porto Seguro suspende a obrigatoriedade do uso de máscaras

Uso permanece obrigatório em ambientes fechados, comércio em geral, locais de trabalho

A prefeitura de Porto Seguro também decidiu liberar a obrigatoriedade do uso de máscaras nos ambientes abertos, ruas e logradouros públicos em todo território do município. A medida está prevista em um decreto publicado na última segunda-feira (1), pelo prefeito Jânio Natal. Ainda de acordo com o decreto, permanece a obrigatoriedade do uso da máscara apenas em ambientes fechados, comércio em geral, locais de trabalho, casa de shows, eventos e festas.

O documento informa ainda que as medidas previstas no decreto poderão ser revistas a qualquer tempo, mesmo antes dos prazos aqui estipulados, podendo ainda ser renovadas ou ampliadas a critério da gestão municipal. Porto Seguro é o segundo município baiano a tornar público a decisão de suspender a obrigatoriedade do uso de máscaras. O primeiro a adotar a medida foi Brumado, no sudoeste baiano, que publicou decreto oficializando a decisão no dia 19 de outubro. 

Na ocasião, o documento assinado pelo prefeito Eduardo Vasconcelos (PSB) informava que os boletins epidemiológicos, divulgados diariamente  pela Secretaria Municipal de Saúde de Brumado, apresentam constante diminuição do número de casos ativos de covid-19, e que, desde o dia 03 de setembro, a cidade não registra nenhum internamento em decorrência de infecção pelo vírus, o que levou a prefeitura a desativar as enfermarias e a UTI Covid.

Além disso, para fundamentar a decisão, o decreto do prefeito afirma que “a cidade de Brumado tem 58.777 pessoas elegíveis para a vacina contra a covid-19 (a partir de 12 anos de idade), sendo que desse total, 88,61% já recebeu a primeira dose e 58,79% a segunda dose."

Na ocasião, o governador interino da Bahia e presidente da Assembleia Legislativa, Adolfo Menezes (PSD), disse que a decisão da Prefeitura de Brumado, no Sudoeste do estado, de abandonar a obrigatoriedade do uso de máscaras foi precipitada e afirmou que não concorda com a medida, mas que vai respeitar.

***

Em tempos de desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informações nas quais você pode confiar. E para isso precisamos de uma equipe de colaboradores e jornalistas apurando os fatos e se dedicando a entregar conteúdo de qualidade e feito na Bahia. Já pensou que você além de se manter informado com conteúdo confiável, ainda pode apoiar o que é produzido pelo jornalismo profissional baiano? E melhor, custa muito pouco. Assine o jornal.


Relacionadas