Presidente do Salgueiro admite venda de vagas ao Náutico

esportes
04.02.2021, 14:52:00
Atualizado: 04.02.2021, 14:55:52
Salgueiro irá disputar o Nordestão e a Copa do Brasil (Foto: Rodrigo Avelar/Salgueiro)

Presidente do Salgueiro admite venda de vagas ao Náutico

"Procurei o Náutico, fiz uma negociação", revelou José Guilherme; após anunciar desistência do Nordestão e Copa do Brasil, clube recuou e irá participar dos torneios

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Um dia depois de anunciar que deixaria a Copa do Nordeste e a Copa do Brasil de 2021, o Salgueiro recuou da decisão, confirmou que irá participar das competições e, inclusive, participou do sorteio da fase de grupos do torneio regional, nesta quinta-feira (4). Após conhecer os futuros adversários, o presidente do Carcará, José Guilherme, revelou, em uma declaração polêmica, os bastidores sobre a desistência da equipe.

"Todos mundo em Salgueiro sabe, saiu a prefeitura, saiu os fundadores, saiu os patrocínios, as contas iam bater na minha porta, procurando Zé Guilherme e querendo saber do dinheiro. Aí é fácil todo mundo dizer “bota o time, Zé”. Não ia chegar ninguém pra me defender não. No ato de desespero, tomei a decisão de procurar a Federação Pernambucana de Futebol (FPF) e o Clube Náutico Capibaribe, para que se eu saísse de alguma maneira, ou mesmo sem negociar com o Náutico e a FPF, eu não ia participar. A vaga ia para o Náutico do mesmo jeito. Então procurei o Náutico, fiz uma negociação, entrou o dinheiro, que está na conta do clube, que era para pagar os funcionários do clube no mês de dezembro e janeiro", declarou.

"Mandei a carta para a FPF, dizendo que não ia participar. Quando chegou na FPF, a CBF não aceitou. Desde ontem a imprensa de todo canto liga pra mim. Primeiro sentei com os funcionários, depois seria com a imprensa de Salgueiro, depois de fora. Na hora que estava conversando com os atletas, o telefone tocou, uma pessoa da CBF e da Liga (do Nordeste), dizendo que a vaga do Salgueiro estava retornando para o Salgueiro. O Náutico não teria direito à vaga. Se o Salgueiro confirmasse que não ia participar, não seria um clube de Pernambuco que iria pegar a vaga. Todos os atletas ouviram. Não teve safadeza. Foi a mão de Deus que colocou e eu tinha dito que o Salgueiro não ia participar", continuou Zé Guilherme.

O presidente do Salgueiro, José Guilherme
(Foto: Ivo Ferraz/Salgueiro/Reprodução Instagram)

O presidente do Salgueiro foi perguntado novamente sobre a origem do dinheiro, e reforçou: "Não paguei, está na conta. Esse dinheiro envolveu Náutico e Copa do Nordeste. A Liga do Nordeste ajudou para não prejudicar o campeonato. Eu precisava do dinheiro para pagar todo mundo e tirar os cobradores da minha porta".

Entenda o caso
O Salgueiro havia protocolado, na última quarta-feira (3), um pedido à Federação Pernambucana de Futebol (FPF) para deixar de disputar a Copa do Nordeste e a Copa do Brasil em 2021. O time, que se classificou aos torneios por ser o campeão pernambucano de 2020, alegava problemas financeiros para deixar os torneios.

Segundo José Guilherme, a decisão foi tomada por causa da crise financeira da região onde o Salgueiro fica, além da perda de patrocinadores privados e do apoio da prefeitura municipal da cidade pernambucana.

Com a desistência, o Itabaiana entrou na briga para ficar com a vaga no Nordestão e o presidente interino do Tremendão, Wilson Mendonça, declarou que iria "tomar as providências legais e lutar judicialmente pelos direitos do clube".

Nesta quinta-feira (4), em ofício encaminhado a Evandro Carvalho, presidente da FPF, José Guilherme afirma que o clube "estava sofrendo pressão de toda torcida quanto a atitude desesperada de não participar da Copa do Nordeste e Copa do Brasil" e, por isso, pedia que fosse desconsiderado o documento anterior, em que pedia a desistência da equipe de ambas as competições.

O ofício enviado pelo Salgueiro, confirmando a participação nas duas competições
(Foto: Reprodução)

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas