Problemas na zaga: Leão tem Fred e Kanu suspensos, Ramon e Renê Santos machucados

e.c. vitória
13.07.2017, 00:13:00

Problemas na zaga: Leão tem Fred e Kanu suspensos, Ramon e Renê Santos machucados

Rubro-negro tem apenas Alan Costa garantido na zaga para enfrentar o Palmeiras, domingo, fora de casa; Wallace ainda não está regularizado

A situação do Vitória não é nada fácil. Além de perder mais uma no Campeonato Brasileiro, já que foi goleado nesta quarta-feira (13) pelo Vasco, por 4x1, o Leão tem mais problemas à vista. Os zagueiros Fred e Kanu receberam o terceiro cartão amarelo e estão suspensos para o próximo jogo, contra o Palmeiras, domingo (16), às 11h, no Allianz Parque, em São Paulo.

Kanu tomou o terceiro cartão amarelo contra o Vasco e está fora do jogo contra o Palmeiras
(Foto: Maurícia da Matta/EC Vitória)

O técnico Alexandre Gallo vai ter trabalho. Para formar a dupla de zaga, ele teoricamente teria Ramon, Renê Santos e Alan Costa. Só que Ramon deixou o duelo contra os vascaínos logo no começo do jogo, se queixando de forte dor na coxa, e é dúvida, enquanto René foi substituído após se queixar de dor no tornozelo e também preocupa. Ele substituiu o volante Willian Farias no jogo, que distendeu o ligamento do joelho e ficará três semanas afastado. 

Não acabou. Outro atleta para a posição, Wallace teve problemas com sua documentação e ainda não conseguiu ser regularizado. A situação está sob o comando da Fifa e não há nada que o Vitória possa fazer para adiantar a liberação da papelada. Provavelmente, para compor a zaga e o banco, Gallo terá que recorrer aos garotos formados na divisão de base, como Bruno e Vinícius. 

Além disso, o treinador terá os desfalques de Kieza, que se recupera de cirurgia no ombro, e José Welison, que operou o joelho.


***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas