Próxima adversária do Vitória, Ponte convive com crise política

esportes
25.10.2019, 09:24:00
Velho conhecido do Vitória, Renato Cajá está na Ponte Preta, jogando por empréstimo (Foto: Álvaro Júnior/AAPP)

Próxima adversária do Vitória, Ponte convive com crise política

Diretor de marketing pediu demissão do clube após acusações de irregularidades financeiras

Não bastasse a irregularidade do time da Ponte Preta na Série B do Campeonato Brasileiro, o clima nos bastidores do clube estão fervendo. Em meio a especulações e rumores nas redes sociais, o diretor de marketing da Ponte, Eric Silveira, renunciou no final da tarde da última quinta-feira (24).

Para um grupo de conselheiros que são contrários à atual administração, existe uma série de irregularidades no clube na área financeira. Algumas acusações foram lançadas nas redes sociais e um áudio com uma possível negociação entre Eric Silveira e um fornecedor teriam sido o estopim para a sua saída. De manhã, a assessoria de imprensa divulgou uma extensa explicação sobre o caso, garantindo que a direção fez um boletim de ocorrência numa delegacia da cidade contra o denunciante, de identidade ainda não confirmada.

À tarde, o dirigente entregou o cargo alegando compromissos pessoais. Ele afirma que pretende terminar um curso MBA no exterior tem "uma outra posição profissional corporativa que não me deixará tempo de cuidar das coisas da Ponte", antes de completar que já pretendia deixar o cargo no próximo ano

"No entanto, por causa desta onda de denuncismo infundado que tomou conta da internet, resolvi antecipar minha saída para reduzir um pouco o tumulto de politicagem no qual o time foi envolvido por interesses escusos de terceiros", desabafou Silveira ao site oficial do clube.

No início da semana, o próprio presidente José Armando Abdalla foi vítima de uma agressão moral e física na frente do estádio Moisés Lucarelli. Ele teria sido cercado por um grupo de torcedores, pedindo a sua renúncia.

Neste clima tenso, o técnico Gilson Kleina tenta armar o time para o jogo contra o Vitória, domingo à tarde, em Campinas, no encerramento da 31ª rodada. Ele pretende manter a mesma base usada nos últimos jogos, podendo, no entanto, testar alguma mudança no coletivo previsto para esta sexta-feira (26). Com 41 pontos, em posição intermediária na tabela, a Ponte Preta recebe o Vitória, 26º colocado com 33 pontos na tabela de classificação da Série B.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas