Próximo rival do Bahia, Ceará é derrotado pelo Santos

esportes
17.10.2019, 21:20:48
Atualizado: 17.10.2019, 21:28:29
Santos e Ceará fizeram um jogo disputado na Vila Belmiro (Ivan Storti/ Santos FC)

Próximo rival do Bahia, Ceará é derrotado pelo Santos

Time cearense ainda perde três jogadores para a partida diante do Esquadrão

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.


O talento do uruguaio Carlos Sánchez, autor de duas lindas assistências, corrigiu o erro tático cometido pelo técnico Jorge Sampaoli no primeiro tempo e garantiu a vitória do Santos, por 2x1, de virada, sobre o Ceará, nesta quinta-feira (17), na Vila Belmiro, pela 26ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Com o resultado, a equipe santista chegou aos 51 pontos na terceira colocação, dois atrás do Palmeiras e dez a menos que o líder Flamengo. Os cearenses continuam com 26 pontos e seguem flertando com a zona do rebaixamento. A equipe, por sinal, é a próxima adversária do Bahia na segunda-feira (21), às 19h30, no estádio de Pituaçu. O Ceará perdeu três jogadores para o duelo, todos suspensos: Samuel Xavier, Fabinho e Thiago Galhardo. 

Em seu 53º jogo no comando do Santos, Sampaoli escalou a 51ª formação diferente. O argentino colocou o time no esquema 3-4-3. No começo da partida, deu a impressão de que a mobilidade de Sánchez, o talento de Tailson e a habilidade de Soteldo poderiam levar o time a uma vitória tranquila.

Mas o que o treinador não planejou é que o pesado trio de zagueiros formado por Luan Peres, Lucas Veríssimo e Gustavo Henrique pudesse ser superado pelo veloz ataque cearense. Logo aos 17 minutos, Lima recebeu pela meia esquerda e disparou um lindo chute colocado, que superou Everson.

O Santos sentiu o gol, ficou irritado e passou a sofrer críticas por parte da pequena torcida que compareceu à Vila Belmiro. As jogadas passaram a não sair mais e o Ceará, ao contrário de outros adversários, não sofreu com o assédio do time de Sampaoli Pior. Pedro Ken quase ampliou a vantagem dos visitantes.

Fora de controle, os santistas reclamaram, sem razão do árbitro Rafael Traci, e Sánchez recebeu cartão amarelo, depois do apito final da primeira etapa. "Estou feliz pelo gol. Vamos ver o que o professor (Adilson Batista, técnico) vai falar para não tomarmos o gol no segundo tempo e, se possível, fazer o segundo", afirmou Lima, que fez o seu primeiro gol no campeonato

O Santos retornou no 4-4-2, com Pará na lateral-direita e Luan Peres, na esquerda. No ataque, o canhoto Tailson foi para a esquerda e Soteldo ficou na direita. Mas o Ceará que criou o primeiro momento perigoso, aos quatro minutos. Felipe Baxola obrigou Everson a fazer grande defesa.

Aos seis, Sampaoli trocou Jorge por Luan Peres e o Santos se equilibrou em campo. O empate não demorou. Sasha, de cabeça, aproveitou pelo cruzamento de Carlos Sánchez e fez o primeiro do Santos, aos dez minutos. Foi o décimo gol do atacante, artilheiro do time na competição.

A partir daí, o jogo ficou com domínio do Santos, enquanto o Ceará, já sem a mesma força física, ameaçou apenas em raros contra-ataques.

Com a retranca cearense, o Santos apostou na velocidade do baixinho Soteldo, que criou jogadas não aproveitadas pelos companheiros de ataque. Mas quem tem Sánchez, tem um jogador diferente. Aos 38, o uruguaio olhou antes de levantar a bola na cabeça de Gustavo Henrique. Como um atacante, o zagueiro fez de cabeça o gol da virada santista.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas
Correio.play
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/historia-e-solidariedade-marcam-a-primeira-live-do-bloco-ile-aiye/
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/moda-comunica-mais-que-tendencias/
Representatividade  é o tema desse editorial fotografado e protagonizado por jovens negros
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/e-sofrencia-musicas-de-arrocha-foram-as-mais-ouvidas-pelos-baianos-na-quarentena/
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/bisneta-de-mae-senhora-inspira-baiana-azul-de-amaralina-conheca-cida-de-nana/
Bel Borba a contratou como modelo para monumento às baianas sem saber de ascendência, que inclui Mestre Didi e uma das fundadoras da 1ª casa de candomblé
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/devo-ou-nao-devo-usar-mascara-na-atividade-fisica-eis-a-polemica-precos-chegam-a-r-120/
Tire suas dúvidas e confira 10 máscaras esportivas disponíveis no mercado
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/bau-do-marrom-o-dia-que-daniela-mercury-superou-britney-spears-em-portugal/
Durante a apresentação de Daniela Mercury no Rock in Rio Lisboa em 2004 falei até na TV portuguesa sobre Daniela
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/em-quarentena-anitta-lanca-clipe-para-tocame-com-gui-araujo-assista/
Vídeo traz fãs dançando em casa; é a primeira vez que funkeira contracena com namorado
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/secretario-do-ministerio-da-saude-destrata-garcom-em-transmissao-ao-vivo-sai-dai/
Élcio Franco falava em medidas de segurança para reabertura da economia quando se incomodou com presença de servidor
Ler Mais