PSG perde para o Bayern, mas se classifica para semi da Champions

esportes
13.04.2021, 18:24:00
Atualizado: 13.04.2021, 18:31:56
Neymar acertou a trave três vezes em seis minutos (Foto: Franck Fife/AFP)

PSG perde para o Bayern, mas se classifica para semi da Champions

Atuais campeões vencem por 1x0 no Parque dos Príncipes e não revertem desvantagem da ida

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Mesmo sem gols de Neymar e Mbappé, o Paris Saint-Germain avançou à semifinal da Liga dos Campeões. No Parque dos Príncipes, o time francês foi derrotado pelo Bayern de Munique por 1x0, nesta terça-feira (13), mas eliminou seu algoz na final da última edição da competição por ter marcado mais gols fora de casa. O aguardado confronto terminou com placar agregado de 3x3.

A classificação teve sabor de vingança para Neymar e companhia. Há quase oito meses, o PSG caía diante do Bayern na final, acabando com o sonho dos franceses de conquistar a Liga pela primeira vez. Desta vez, o PSG encontrou um rival desfalcado, principalmente do atacante Robert Lewandowski, eleito o melhor do mundo no ano passado.

A equipe de Paris, por sua vez, não teve o zagueiro e capitão Marquinhos, também lesionado. Mas contou com Neymar e Mbappé inspirados, ao menos no primeiro tempo. O brasileiro acertou a trave três vezes num intervalo de apenas seis minutos na etapa inicial. No segundo tempo, exibiu falta de ritmo e até certo cansaço. Fazia apenas o seu terceiro jogo desde que voltou de lesão. Mbappé chegou a balançar as redes no segundo tempo, mas o lance foi anulado por impedimento.

Mantendo o alto nível do jogo de ida, PSG e Bayern entraram em campo do mesmo jeito que terminaram o duelo da semana passada. O time alemão começou em cima, buscando sufocar o rival francês, que seguia apostando nos contra-ataques. Mas, sem Lewandowski e Gnabry, a equipe visitante foi estéril no ataque até a metade do primeiro tempo. Dominava, mas não criava chances de perigo. Mesmo sem Marquinhos, a concentrada defesa do PSG dava conta do recado.

Sané e Kimmich levaram perigo pela primeira vez aos 25 e aos 26, quando o jogo se tornou mais franco e o PSG resolveu sair para o ataque. Neuer, então, passou a mostrar serviço, ao contrário do que aconteceu no jogo de ida. Aos 26, tabela com Mbappé deixou Neymar cara a cara com o goleiro, que salvou.

O mesmo aconteceu aos 33, com Neuer decisivo. Ele ainda viu a bola acertar a trave pela primeira vez. Três minutos depois, Neymar bateu colocado e carimbou o travessão. Mais dois minutos e o brasileiro mandou no pé da trave esquerda de Neuer, aos 38. Mesmo com uma postura mais defensiva, o PSG parecia muito perto de abrir o placar.

Apenas um minuto depois, o gol saiu. Mas a favor do Bayern. Com velocidade e bate-rebate dentro da área, Choupo-Moting mandou de cabeça para as redes, surpreendendo a zaga francesa. O time alemão ainda quase ampliou antes do intervalo porque Alaba, aos 43, encheu o pé de longe e exibiu bela defesa de Navas.

Apesar da derrota parcial, o PSG tinha placar favorável, por ter marcado gols fora de casa. O Bayern precisava de mais um para se classificar. Por isso, o segundo tempo começou em grande ritmo, com chances para ambos os lados.

A partir dos 15, o PSG voltou a adotar a tática mais cautelosa, bem-sucedida no início da partida, e se fechou muito bem na defesa. Com até 10 jogadores atrás da linha da bola, os anfitriões "cozinharam" um Bayern sem criatividade e com rara iniciativa na segunda etapa. Diferentemente do jogo de ida, desta vez o time alemão sequer conseguia ameaçar o gol de Navas. Apenas cercava a área adversária, sem maior ímpeto.

O PSG buscava um contra-ataque para sacramentar a classificação. Aos 33, Mbappé teve a chance preciosa e mandou para o gol. Mas o árbitro anulou por impedimento. Neymar, mais apagado nos minutos finais, focava na armação, visando também Di Maria, pela direita Mas a bola não entrou. Mas, na defesa, o PSG conteve a pressão do Bayern e confirmou a classificação.

Na semifinal, o PSG vai enfrentar o vencedor do confronto entre Borussia Dortmund e Manchester City. As duas equipes jogam nesta quarta (14), com vantagem inicial para os ingleses, que venceram na ida por 2x1.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas