PSG vence o Lille em jogo que marcou a volta de Neymar

esportes
22.11.2019, 19:57:00
Atualizado: 22.11.2019, 19:57:30
Autor do primeiro gol, Icardi faz carinho na cabeça de Neymar (Foto: Franck Fife/AFP)

PSG vence o Lille em jogo que marcou a volta de Neymar

Camisa 10 do time francês não balançou a rede

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Contando com o retorno de Neymar, o Paris Saint-Germain derrotou o Lille por 2x0 nesta sexta-feira (22), na abertura da 14ª rodada do Campeonato Francês. 

O brasileiro não balançou as redes no Parque dos Príncipes, mas iniciou a jogada do segundo gol, que assegurou o triunfo e o aumento da vantagem da equipe parisiense na liderança da tabela.

O time de Neymar chegou aos 33 pontos, cada vez mais disparado na primeira colocação. O vice-líder é o Olympique de Marselha, que enfrentará o Toulouse no domingo, fora de casa. Já o Lille figura na sétima colocação, com 19.

O jogo desta sexta marcou o retorno de Neymar, afastado dos gramados desde o dia 14 de outubro. Naquele dia, ele sofreu lesão de grau dois na coxa esquerda durante amistoso da seleção brasileira contra a Nigéria, em Cingapura.

O atacante brasileiro começou como titular, enquanto Mbappé e Cavani iniciaram no banco de reservas e só entraram em campo no segundo tempo. O primeiro foi justamente o substituto de Neymar aos 17 da segunda etapa.

Antes de deixar o gramado, entre aplausos e vaias, o brasileiro iniciou contra-ataque que gerou o segundo gol dos anfitriões. No lance, aos 31 minutos de jogo, sofreu falta, mas o árbitro deu vantagem. A bola sobrou para Draxler, que acionou Di Maria. O argentino invadiu a área pela direita e bateu de canhota, com categoria, na saída do goleiro.

Antes disso, aos 17, Mauro Icardi já havia aberto o placar. Bem posicionado dentro da área, ele escorou cruzamento da direita de Idrissa Gueye.

No segundo tempo, já com o placar praticamente definido, o PSG soube administrar a vantagem. O Lille esboçou fraca resistência e só levou perigo em jogada individual de Remy, que desperdiçou grande chance na marca do pênalti. Em outro lance, nos minutos finais, o mesmo jogador perdeu outra oportunidade ao ficar em posição de impedimento em lançamento de longa distância.

Com Neymar liberado para jogar, o PSG volta a campo na terça-feira (26) para enfrentar o Real Madrid, pela fase de grupos da Liga dos Campeões. O jogo será no estádio Santiago Bernabéu na capital espanhola.
 

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas