Público escolhe espetáculo Dê Lírios para temporada no Youtube do Balé TCA 

entretenimento
24.09.2021, 09:30:00
A coreografia Dê Lírios do BTCA (Fábio Bouzas/divulgação)

Público escolhe espetáculo Dê Lírios para temporada no Youtube do Balé TCA 

Montagem faz parte do projeto Endogenias, que celebrou os 35 anos do BTCA; espetáculo pode ser visto de sexta (24) a domingo (26)

O público escolheu o espetáculo Dê Lírios para ser exibido na próxima edição do BTCAPlay. A gravação em vídeo da montagem de 2016 será disponibilizada no canal de Youtube do Balé Teatro Castro Alves (BTCA), das 19h desta sexta-feira (24) até o final da noite de domingo (26). A votação ocorreu através de enquetes publicadas nas redes sociais do BTCA (@btca.oficial): nos perfis do Facebook e Instagram. 

Dê Lírios faz parte do projeto Endogenias, que celebrou os 35 anos do BTCA, em 2016, e tem a ver com a qualidade daquilo que se origina no interior de um organismo, de um sistema ou que se desenvolve pela influência de fatores internos. Endogenias remete a um processo de crescimento do próprio Balé, que parte do interior para o exterior, e se apresenta como um todo, numa cena inteira bastante contemporânea. 

A coreografia procura encontrar um elo entre a arte popular e a dança contemporânea, mais precisamente voltada para a identidade nordestina, que é rica em sua maneira peculiar de se relacionar, com as influências norte-americanas e europeias, e ainda assim encontrar uma maneira única de evoluir. 

Dê Lírios (2016) foi selecionado numa enquete com outras quatro opções de obras do acervo BTCA: A História do Soldado (2019); Atlântico (2016); Lub Dub (2017); e Generxs (2016). 

Serviço - Balé Teatro Castro Alves (BTCA) apresenta Dê Lírios (2016)  | Quando:  das 19h de sexta (24) até as 23h59 de domingo (26) | No canal do BTCA no Youtube 


***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas